LEALDADE HUMILDADE PROCEDIMENTO

Minha foto
São Paulo, Mooca - SP, Brazil
Rodrigo Freitas - rodrigo_adefreitas@hotmail.com

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Lulinha é o novo reforço do Bahia



Aparentemente próximo de reencontrar o caminho das vitórias no Campeonato Baiano após um péssimo início de temporada, a diretoria do Bahia segue reforçando o elenco. Depois dos 17 reforços para 2011, mais um meia chega para juntar-se aos outros seis que já treinam com o elenco - Ramon, Tressor Moreno, Magno, Camacho, Ananias e Maurício. Lulinha é o novo reforço do Tricolor Baiano.


O jovem de 20 anos era cotado como grande promessa da base do Corinthians, mas não conseguiu se destacar no time profissional. Emprestado no segundo semestre do ano passado ao Olhanense, de Portugal, manteve-se sem brilho. Em 17 jogos, sendo cinco como titular, marcou apenas dois gols. Participou da partida do último sábado, contra o Porto, entrando aos 24 minutos da segunda etapa.

No último domingo, o presidente do Bahia Marcelo Guimarães Filho só confirmou o que o empresário do atleta, Wagner Ribeiro, já tinha dito à revista ESPN:

- O Angioni aceitou contratar o garoto. Falei com o Andrés (Sanchez, presidente do Corinthians), que vai custear parte do salário. Ele vai arrebentar no Bahia e recuperar a carreira.

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Corinthians 4x0 Gremio Prudente



Em mais um dia inspirado de Liedson e companhia, o Corinthians venceu mais uma no Paulistão. A vítima da vez no Pacaembu foi o lanterna Grêmio Prudente: 4 a 0. Liedson marcou dois e chegou ao seu sétimo gol na competição. Com a vitória o Timão dorme na liderança do Paulistão e terá que secar Palmeiras, que enfrenta o São Paulo, e Mirassol, que pega o Paulista. Já o Grêmio segue na lanterna e vê cada dia mais perto a sua queda para a segundona.

A aposta do Timão na partida era na sequência da equipe. Com a mesma formação da vitória no clássico contra o Santos, Tite acreditava que o entrosamento dos três atacantes poderia ser a chave da vitória. Mal das pernas, o Grêmio vinha com a equipe totalmente diferente do último jogo. Aliás desde a primeira rodada, o time do interior é marcado por modificar sua equipe em quase todas as partidas.

O Jogo

Querendo fazer valer o mando de campo, o Corinthians iniciou o jogo apertando o adversário. Com a marcação pressionando a saída de bola dos prudentinos, as chances de gols não demoraram a aparecer. A insistência teve sua a recompensa aos 12 minutos. Dentinho deu ótimo passe para Paulinho. O volante invadiu a área e foi derrubado por Nino. Na cobrança do pênalti, Fábio Santos abriu o placar.

Perdido em campo, o Grêmio Prudente ia sofrendo um bombardeio alvinegro no Pacaembu. Com a bola nos pés, os corintianos iam envolvendo os rivais e criando chances. Em uma delas veio o segundo tento. No chutão de Julio Cesar, a zaga dormiu e deixou Liedson livre. Na cara de Márcio, o Levezinho tocou por cobertura e correu para o abraço.

Com o 2 a 0 no placar a Abelha foi mais ao ataque. Em uma das descidas da equipe, Alceu chutou de fora da área, levando perigo para a meta corintiana. Aos 29 minutos, outro baque para os visitantes. Morais fez jogada pela direita e cruzou. Dentinho dominou e acertou um belo chute da entrada da área. Festa da torcida alvinegra, se iniciava a goleada.

Já no segundo tempo, os jogadores do Grêmio devem ter levado uma baita bronca no vestiário. A equipe entrou com outra cara e passou a pressionar o Corinthians. Raí e Alex Maranhão eram os mais perigosos. Em uma das descidas, Maranhã cruzou e a defesa quase se atrapalhou.

Enquanto isso os alvinegros tentavam cadenciar o jogo e desciam raras jogadas em contra-ataques. Em uma delas quase saiu mais um. Alessandro chegou à linha de fundo e cruzou. Liedson bateu de primeira e obrigou Márcio fazer ótima defesa.

Com a grande vantagem construída no primeiro tempo, o Corinthians puxou o freio de mão e só assustava quando o adversário fazia faltas na entrada da área. Apesar de melhor, praticamente o segundo tempo todo, a equipe prudentina criou poucas chances de perigo.

Quando todos pensavam que o resultado parava por ali, eis que Liedson apareceu de novo. O atacante recebeu ótimo passe de Bruno César e, na saída atrapalhada de Márcio, só empurrou para a rede, fechando a conta no Pacaembu.

Agora o Timão vai até Lins enfrentar o Linense, no próximo sábado. Já o Grêmio Prudente recebe o Ituano em casa, na próxima sexta-feira.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 4 X 0 GRÊMIO PRUDENTE

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 26/2/2011 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Auxiliares: Jumar Nunes Santos e Mauricio Helder Luiz Alexandrino

Renda/público: 15,783 / 515.723,50

Cartões amarelos: Nino, Daniel e Cesar Santiago (Grêmio Prudente)

GOLS: Fábio Santos, 12'/1ºT (1-0); Liedson, 19'/1ºT (2-0); Dentinho, 28'/1ºT (3-0); Liedson, 41/2ºT (4-0)


CORINTHIANS: Julio Cesar, Alessandro, Wallace, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Morais (Luiz Ramírez, 35'2ºT); Jorge Henrique (Bruno César, 29'/2ºT), Dentinho (Edno, 38'/2ºT) e Liedson. Técnico: Tite

GRÊMIO PRUDENTE: Márcio; Ângelo, Anderson Luiz, Nino e Jadilson (Bruno Ribeiro, 34'1ºT); Alceu (Raí, intervalo), Daniel, C. Santiago, Alex Maranhão e Saldanha; Jandson (Adriano Silva, 17'/2ºT). Técnico: Fábio Giuntini

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Riveros é oferecido e Timão estuda proposta



O Corinthians segue à procura de peças no meio de campo para compensar a saída de Jucilei. Além de Willian Magrão, do Grêmio, outro jogador é estudado pela diretoria alvinegra: o volante paraguaio Cristian Riveros, atualmente no Sunderland (ING), e que disputou a Copa da África do Sul em 2010.

- O Corinthians fez uma sondagem e agora estamos esperando o clube fazer uma proposta - afirmou Steve Bruce, treinador do clube, durante entrevista coletiva, na manhã desta sexta-feira.

Riveros foi oferecido e sua contratação é considerada. A transferência, aliás, seria mais viável financeiramente do que a de Willian Magrão, que já tem acordo salarial com o Timão. Por ele, o Grêmio pede cerca de R$ 3 milhões por 50% dos direitos econômicos, e sua chegada dependeria da ajuda de um investidor.

Segundo Cristian Riveros - que chegou ao clube inglês em julho de 2010 por meio de uma transferências sem custos - não teria sua saída dificultada pela direção do Sunderland. O atleta tem contrato até junho de 2013 e ganha por volta de 80 mil euros (cerca de R$ 180 mil) mensais, salário considerado alto para o elenco corintiano.

Mesmo assim, por ter contratado o atleta sem gastar na transferência, o Sunderland está disposto a negociar a liberação de Riveros apenas por uma compensação salarial, sem custos elevados. O volante de 28 anos participou de apenas 12 jogos no clube inglês, desde sua chegada, sendo somente quatro deles como titular.

Cristian Riveros atua como segundo volante e participou da Copa do Mundo pela seleção paraguaia. O jogador iniciou sua carreira no Tacuary (PAR), passou por Libertad (PAR), mas viveu seu melhor momento na carreira durante a passagem pelo Cruz Azul (MEX), clube no qual jogou por três temporadas.

Clube russo prepara investida para ter Ronaldo




O atacante Ronaldo, que recentemente se aposentou do futebol pelo Corinthians, deve receber uma proposta milionária do futebol russo, segundo informa nesta sexta-feira a imprensa local. O interessado é o Terek Grozny, da Primeira Divisão.

Ainda de acordo com jornais da Rússia, a proposta do clube cujo treinador é o holandês Ruud Gullit, que fez história no Milan, chegaria a 8,5 milhões de dólares (R$ 14,1 milhões) por um ano e meio de contrato - valor recorde para o futebol russo.

Se for para o futebol russo, o Fenômeno seguiria o mesmo caminho do amigo Roberto Carlos, que na semana passada acertou com o Anzhi Makhachkala. Jucilei, também companheiro do atacante no Timão, também se transferiu para o mesmo time.

Na quinta-feira, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, garantiu em entrevista coletiva que iria tentar convencer Ronaldo a voltar a jogar. Pelo Timão.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Na despedida, Jucilei afaga a torcida corintiana



O volante Jucilei embarcou na noite desta quarta-feira para a Rússia. Ele deixou o Corinthians nesta semana e defenderá o Anzhi Makhachkala. O jogador, negociado por R$ 22,8 milhões, assinou contrato de quatro anos com o clube da provincia do Daguestão.

Na despedida do Brasil, já no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (SP), o atleta enalteceu a torcida corintiana e agradeceu ao clube pela sua recente projeção no futebol.

Não tem torcida igual a essa, que apóia do começo ao fim e faz você jogar. Só tenho a agradecer à torcida e ao Corinthians, o clube que me apoiou e me botou no futebol.

Jucilei viajou acompanhado do seu agente, Nick Arcuri, que acertou detalhes finais do contrato nos últimos dias. As bases com o Anzhi foram discutidas por intermédio do empresário Giuliano Bertolucci, um dos representantes do clube russo no Brasil.

Com a viagem às pressas, ele nem sequer teve tempo de se despedir de ex-companheiros e familiares. Jucilei aproveitou a oportunidade para explicar a situação aos ex-colegas de Corinthians.

- A negociação apareceu de última hora, peço desculpas aos meus colegas. Foi um prazer estar com eles, são grandes homens e grandes amigos. - disse.

A intenção do Anzhi é que ele já esteja regularizado para atuar no dia 1º de março, no duelo contra o Zenit, válido pela Copa da Rússia. O jogo também marcará a estreia de outro ex-corintiano, o lateral-esquerdo Roberto Carlos.

O jogador de 22 anos fez 103 partidas com a camisa do Corinthians e marcou seis gols. Sua estreia foi no dia 10 de maio de 2009, na derrota por 1 a 0 para o Internacional, pelo Brasileirão, no Pacaembu. Já sua despedida foi na quarta-feira passada, na vitória por 2 a 0 sobre o Mogi Mirim, também no Pacaembu, pelo Paulistão.

Jucilei saiu sem conquistar um título, mas ganhou visibilidade com boas atuações no clube e convocações para a Seleção Brasileira do técnico Mano Menezes. Questionado sobre o fato de poder 'sumir' em um mercado coadjuvante no futebol mundial, o volante refutou a possibilidade e afirmou que o que pesou foi a questão financeira.

- No meu pensamento eu queria ir para Itália ou Espanha, mas não tinha como recusar uma proposta dessas. Acho que não vou ficar esquecido, se for para o Mano ver, ele vai me ver. Se for para eu ser convocado, eu vou ser. - cravou.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Lá vem o Baianão


Só de pensar que nós dois éramos dois
Eu feijão, você arroz
Temperados com Sazón
Só de lembrar nós na Pálio no Domingo
Nosso amor era tão lindo
Nós descíamos pro Boqueirão

A Pálio aprendida lá na praia
E você de mini-saia
Dando bola para um baianão
O baianão de carro conversível
Eu mexendo nos fusivel
Nem vi quando você me deixou

Subiu a Serra me deixou no Boqueirão
Arrombou meu coração, depois desapareceu
Fiquei na merda nas areias do destino
Me tratou como um suíno
Cuspiu no prato que comeu

O amor é uma faca de dois legumes
A luz anal de um vagalume
Que ilumina o meu sofrer
Eu ainda sinto o seu perfume
Um cheirinho de estrume
Não ta fácil de te esquecer
Toda vez que eu lembro de você
Me dá vontade de bater, te espancar
Oh meu amor
Só Porque ele é lindo, loiro e forte
Tem dinheiro e um Porche
Como modess você me trocou

Subiu a Serra me deixou no Boqueirão
Arrombou meu coração depois desapareceu
Fiquei na merda nas areias do destino
Me tratou como um suíno
Cuspiu no prato que comeu. (2x)

Subiu sim, subiu sim, subiu
Geladinho gostosinho ui uuuuuuuuu
Eu disse sim, eu disse sim
Eu fiquei você subiu

Corinthians está fora do clube dos 13

O Corinthians está fora do Clube dos 13. A ameaça do presidente Andrés Sanchez foi confirmada no início da tarde desta quarta-feira. O anúncio da saída foi feito por meio de uma carta:

“Desde meados do ano passado, o Sport Club Corinthians Paulista vem tentando obter esclarecimentos sobre as demonstrações financeiras do Clube dos 13. Foram necessárias duas solicitações para que a direção desta entidade prestasse algumas explicações sobre essas contas, valendo notar ser sua obrigação enviar mensalmente a todos os seus associados o balancete.
saiba mais

Ficamos surpreendidos com uma série de desmandos administrativos praticados pela direção do Clube dos 13 que já geraram, para a entidade um passivo transitado e julgado superior a R$ 5 milhões e um potencial passivo trabalhista de proporções ainda maiores face a contratações de profissionais a nível gerencial de forma irregular no mínimo ao longo dos últimos cinco anos.

Em diversas ocasiões deixamos claro nosso propósito de nos desligarmos do Clube dos 13 por diversas razões, e só não o fizemos porque entendíamos haver uma chance de, através de um diálogo construtivo entre todos os clubes associados, encontrarmos um modelo democrático e transparente de gestão para associação.

Fatos recentes, entretanto, evidenciaram nosso erro de avaliação. A forma irresponsável com que alguns membros da diretoria do Clube dos 13 e seu diretor executivo conduziram o processo da elaboração da concorrência com o propósito de aquisição e direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro de futebol profissional a partir do ano de 2012 é, no mínimo, danosa aos interesses do Corinthians e dos demais clubes que integram a elite do futebol brasileiro.”

A desistência oficial do Timão ocorreu após Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo também romperem com a entidade, por meio de uma decisão em conjunto, comunicada em seus sites oficiais.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Site oficial do Corinthians faz página especial para Ronaldo



O Corinthians lançou, em seu site oficial, uma página especial em homenagem a Ronaldo Fenômeno. Com o título "Ronaldo Eternamente", o espaço saudando o jogador conta ainda com um mural de recados, que os torcedores podem deixar para Ronaldo. A página ainda tem espaços especiais para fotos e videos do Fenômeno, entre outras coisas. Ronaldo anunciou sua aposentadoria no dia 14 de fevereiro.

Andrés anuncia saída do Timão do Clube dos 13



O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, anunciou que o Timão deve deixar de fazer parte do Clube dos 13 já nos próximos dias. Já há algum tempo, o mandatário alvinegro discorda das posições da entidade, que, para ele, já não beneficia os clubes brasileiros.

- Não tem volta, nós vamos sair. O Corinthians está decepcionado com a atuação do Clube dos 13 e vai se desfiliar. Nós vamos pagar para ver. Pode apostar que nós vamos sair. O Corinthians tem 30 milhões de torcedores, tem a força e vai lutar pelos seus direitos e por uma melhor administração do futebol - afirmou Andrés, em entrevista ao Camarote PFC.

O presidente do Timão reclama da falta de apoio do Clube dos 13, e clama por uma mudança no estatuto da Lei Pelé, que, segundo ele, beneficia apenas os empresários.

- A Lei Pelé só é muito boa para os empresários de jogadores. A função é proteger os clubes, o que não tem sido feito - acrescentou o presidente.

Outra crítica do mandatário corintiano é quanto ao calendário do futebol brasileiro, que não permite que os profissionais trabalhem da melhor forma. Para Andrés, é necessário que aconteça uma reformulação no calendário do futebol do país, para que os jogadores e comissão técnica tenham condições de trabalhar em melhor nível durante toda a temporada.

Éverton Ribeiro é o novo reforoco do Coritiba



Éverton Ribeiro é o novo reforço do Coritiba para a disputa do Estadual e do Campeonato Brasileiro da Série A. O meia não vinha sendo aproveitado pelo técnico Tite e foi liberado pela diretoria corintiana.

O Coxa, que adquiriu seus direitos federativos por três anos, comprou seus direitos econômicos junto ao Corinthians. De acordo com a imprensa de Curitiba, o clube vai pagar cerca de R$ 1,5 milhão para tirar Éverton do Parque São Jorge.

– O que eu precisava era ter espaço para jogar e mostrar meu futebol. O Coritiba fez um plano de carreira legal para mim. Eu quero agradecer de público ao Andrés (Sanchez, presidente), que entendeu meu lado e me liberou para o Coritiba – afirmou o meia, em entrevista

Corinthians: marketing faz Liedson substituto de R9



O início fulminante de Liedson em sua volta para o Corinthians e a idolatria instantânea da torcida pelo atacante, ex-Sporting (POR), foi o sinal de que o departamento de marketing precisava para defini-lo como o substituto de Ronaldo.

Neste momento, o diretor Luis Paulo Rosenberg e sua equipe alinham detalhes das ações e estratégias que serão usadas para explorar sua imagem com os milhares de torcedores (leia-se consumidores).

– A identificação foi rápida e está muito forte. Iremos aproveitar este momento. Vamos resolver algumas coisas ainda nesta semana, mas já definido que será ele – afirmou Caio Campos, gerente de marketing.

Uma das definições, por exemplo, é a linha de exploração da imagem. Há uma dúvida se a ligação dele com o clube português, onde fez enorme sucesso, continuará ou se o Timão vai iniciar novas ações para explorar sua identificação.

– Ficar com esse vínculo seria bom, manteríamos uma ligação internacional. Mas isso será definido. Tem o lance do "Liedson Resolve", que estamos definindo – disse Caio Campos, lembrando do slogan que foi estampado em bandeira, faixa, cachecol e camisetas dos torcedores portugueses nos sete anos.

Apesar de não haver comparação entre as histórias de Ronaldo e Liedson e, principalmente, de o substituto do Fenômeno não ser tão carismático e midiático, o clube acredita que a torcida vai se identificar com o bom futebol, com os gols que foram e serão feitos.

Eleição abortada
A ideia do departamento de marketing do Corinthians era iniciar hoje de manhã uma enquete no site oficial do clube para definir qual o número da camisa de Liedson – a partir do fim de semana, todos os jogadores terão numeração fixa.

Mas a eleição já foi abortada. Segundo Caio Campos, é impossível mudar o número de sua camisa.

– Iríamos fazer a enquete, mas já desistimos. O número 9 já foi incorporado por ele e pela torcida. Não há como mudar isso – lembrou Caio.

Esse foi o número usado por Ronaldo nas últimas duas temporadas. Mídia e torcedores já exploram a "substituição à altura" do astro pelo ex-atacante do Sporting.

A camisa 9 sempre serviu de modelo principal. A imensa maioria das unidades enviadas às lojas, tinha o 9 nas costas. Pela intenção do departamento de marketing de manter Liedson como "o cara" do Corinthians agora, é possível imaginar que a enxurrada de camisas número 9 permaneça no Pacaembu e nas ruas da capital paulista.


Liedson no Sporting

Camisetas
Em sua primeiro temporada, o clube confeccionou camisetas com o nome "LiedZon", que vendeu barbaridade. O jogador, no entanto, não gostou e pediu para que seu nome fosse consertado.

Cachecol
Com os dizeres "Liedson resolve", o clube de Lisboa aproveitou-se de um período com frio e lançou a ideia, que tornou-se moda entre os torcedores do Sporting. Outros produtos com o slogan foram colocados à venda pelos alviverdes.

Marketing político
Sem seu consentimento e aval, Liedson foi utilizado como marketing do clube lisboeta até nas eleições. Durante os sete anos em que permaneceu no Sporting, seu nome foi utilizado pelos candidatos à presidência como cabo eleitoral, com promessa de aumento de contrato, etc...

Marketing corintiano e Ronaldo

Patrocínio da camisa
A presença de Ronaldo foi fundamental para que o Corinthians tivesse o maior patrocínio de camisa entre os clubes brasileiros nas últimas temporadas. Parte do valor que foi arrecadado ficou com o Fenômeno, como complemento de seu salário mensal no Parque São Jorge.

Camisetas
Além da tradicional camisa 9 do Timão, que foi a mais vendida na passagem de Ronaldo pelo Timão, o clube colocou inúmeros modelos casuais à venda.

Bonequinho
O atacante também ganhou sua imagem em miniatura. Seu bonequinho foi um dos mais vendidos do país e, entre os jogadores do Timão, o mais comprado pelos torcedores. Roberto Carlos também teve seu bonequinho exclusivo no clube.

Aparições na mídia
Ronaldo concedeu inúmeras entrevistas exclusivas, principalmente, à TV Globo. Na maioria delas, esteve vestido com a camisa do clube, com os patrocinadores

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Corinthians 3x1 Santos



O domingo começou com festa para o Timão. Sob aplausos, Ronaldo subiu ao gramado e agradeceu o apoio da Fiel nos dois anos em que jogou pelo clube. Em homenagem ao Fenômeno, todos os atletas corintianos jogaram com um número nove na camisa. O nome do jogo, no entanto, a Fiel não esperava... Com um golaço de falta e outro em cobrança de pênalti, o lateral Fabio Santos marcou dois, Liedson fechou a conta, e o Corinthians venceu o clássico contra o Santos, no Pacaembu, por 3 a 1.

Nem mesmo o "intruso" Elano conseguiu estragar a festa corintiana... Apesar de ter feito boa partida e anotado o gol do Peixe, caiu o tabu do meia de nunca ter perdido para o Corinthians. Muito apagado, Neymar pouco produziu e fez uma de suas piores partidas com a camisa do Santos.

No reencontro de Adilson Batista com o Corinthians quase cinco meses após sua demissão, Fábio Santos, indicação de Tite, decidiu e abriu o caminho para a vitória. E como a festa era em Ronaldo, Liedson inspirou-se pelo clima das homenagens. Numa arancada que lembrou as do Fenômeno no passado, o Levezinho fuzilou o goleiro Rafael no finalzinho da segunda etapa e matou a partida!

Fábio Santos resolve!

Inspirados pelo calor que fazia na cidade de São Paulo, o jogo começou quente e com muitas faltas cometidas pelas duas equipes. O equilíbrio, no entanto, não durou muito. Aos poucos o Corinthians tomou a iniciativa do jogo, e passou a envolver o Pexe com rápidas subidas ao ataque pelas laterais.

O Santos, por outro lado, perdia o domínio no meio de campo e apostava, sem sucesso, nos contra-ataques. Nervoso em campo, o time do técnico Adilson Batista ainda cometia muitas faltas e tinha dificuldade em armar boas jogadas. Ao Timão, no entanto, faltava transformar o domínio em gols.

E se com a bola rolando estava difícil, o lateral Fábio Santos resolveu desencatar justamente no clássico. Numa cobrança de falta perfeita, já na metade do primeiro tempo, o lateral colocou a bola no ângulo de Rafael, indefensável. Um golaço e a vantagem corintiana consumada no placar.

Com Neymar apagado e bem marcado pelo zagueiro Wallace, substituto de Chicão, a esperança da torcida santista estava depositada em Elano. Em chutes de longa distância, o meia assustava Julio Cesar e o Peixe chegou até a equilibrar já no final da primeira etapa. O empate, por justiça, só poderia sair dos pés dele. Elano pegou um rebote na entrada da meia-lua e arriscou o chute, colocado, no ângulo de Julio Cesar. Outro lindo gol no Pacaembu, e o empate justo pelo que foi o primeiro tempo.

Na segunda etapa, só o tempo parecia ter mudado no Pacaembu. Enquanto uma chuva torrencial castigava o gramado e a qualidade do jogo, o panorama seguiu o mesmo do primeiro tempo. Inspirado, Elano continuava assustando e quase virou a partida aos 5 minutos, num forte chute que Julio Cesar foi buscar no ângulo.

Até que aos 12 minutos, o jgo acabou para o Peixe. Dentinho pedalou para cima de Adriano e foi derubado na área. Pênalti claro para o Corinthians e chance de voltar à frente no placar. Na cobrança, Fábio Santos chutou forte, marcou o segundo e devolveu a vantagem do clássico ao Timão!

Para Adilson Batista, só restou arriscar. O treinador colocou Maikon Leite e Zé Eduardo em campo, mandou o Santos ao ataque e ficou com a zaga exposta no final... Em um mal dia, no entanto, os atacantes santistas não finalizaram bem e o Timão só controlou a vantagem.

Controlou tão bem que deu tempo para marcar mais um! Num contra-ataque à la Ronaldo nos tempos áureos pela Seleção Brasileira, Liedson arancou em velocidade com a bola dominada, fuzilou o goleiro Rafael e matou qualquer chance de reação do Santos... Sob gritos de olé da Fiel, o Timão venceu, convenceu e colou ainda mais no líder do Paulistão!

Até a próxima partida, o Corinthians descansa no meio da semana e volta a campo só no próximo sábado, contra o Grêmio Prudente, no Pacaembu. Também pelo Paulistão, o Santos joga neste domingo, contra o São Bernardo, na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 3 X 1 SANTOS

Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/hora: 20/2/2011 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Renda e público:
Auxiliares: Luis Nilsen e Marcio Jacob
Cartões amarelos: Ralf, Wallace (COR); Possebon, Arouca, Danilo, Edu Dracena, Elano (SAN)
Cartões vermelhos: Não houve
GOLS: Fábio Santos, 23'/1°T (1-0); Elano, 41'/1°T (1-1); Fábio Santos, 15'/2°T (2-1); Liedson, 41'/2°T (3-1)

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Wallace, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Morais (Ramírez, 41'/2°T); Jorge Henrique, Dentinho (Bruno César, 30'/2°T) e Liedson. Técnico: Tite.

SANTOS: Rafael; Danilo (Zé Eduardo, 33'/2°T), Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Rodrigo Possebon (Adriano, 8'/2°T), Róbson (Maikon Leite, 10'/2°T) e Elano; Neymar e Diogo. Técnico: Adilson Batista.

Ronaldo: 'Continuarei sendo um louco no bando de loucos'







Quem chegou cedo para o clássico entre Corinthians e Santos, no Pacaembu, neste domingo, teve a oportunidade de ver uma bonita festa de despedida para Ronaldo. O Fenômeno, que anunciou o fim de sua carreira na última segunda-feira, foi ovacionado pela torcida corintiana.


O ex-camisa 9 entrou no gramado pouco depois das 15h30. Acompanhado de seus filhos Ronald e Alex, ele deu uma volta completa no gramado e recebeu diversas homenagens. A Gaviões da Fiel, principal torcida organizada do clube, entregou uma placa ao craque e produziu uma bandeira gigante, que foi erguida por vários balões, com a frase: "Fenômeno da Fiel, do Brasil e do Mundo".

Na sequência, ele recebeu outra placa, dessa vez de Andrés Sanchez, presidente do Corinthians. Sempre na companhia dos filhos, Ronaldo posou para fotos e depois fez um discurso e enalteceu o Timão:

- Cada minuto que eu estive aqui neste gramado, cada instante, cada grito de cada um de vocês que me apoiou no tempo em que estive aqui. Quero agradecer a todos, nessa oportunidade única que tive na minha vida, de conhecer o Corinthians e sua torcida, continuarei sendo um louco no bando de loucos - declarou.

Em homenagem ao Fenômeno, todos os jogadores do Corinthians vão acrescentar o número 9 à numeração habitual na camisa de jogo.

Pra SEMPRE FENOMENO, jogadores acrescentam o numero 9 na camisa

As homenagens ao craque Ronaldo não irão ficar apenas na aparição do craque e na camisa comemorativa, que será utilizada pelos jogadores antes do clássico. Os jogadores corintianos também acrescentaram o número 9, à numeração de costume, nas camisas oficiais de jogo.

Além disso, as surpresas corintianas não ficam só nas camisas. O técnico Tite fez três alterações na equipe que vem sendo utilizada no Paulistão, além do corte de Jucilei, que está sendo negociado com o futebol russo. No lugar de Marcelo Oliveira, Fábio Santos volta a ganhar chance na lateral esquerda. Na linha ofensiva de meio de campo, Morais e Dentinho substituem Danilo e Ramírez, para acompanhar Jorge Henrique.

Confira como ficam a escalação e a numeração nas camisas do Timão

19 Julio Cesar, 29 Alessandro, 39 Wallace, 49 Leandro Castán, 69 F.Santos, 59 Ralf, 89 Paulinho, 91 Morais, 92 Dentinho, 93 Jorge Henrique e 90 Liedson.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Seu Madruga não morreu




Parece que ele estava saindo do metro Vila Madalena, passou pelo Vila Mariana com destino a nova estação Vila do Chaves….bravo com a super lotação mas no banco preferencial para Tripas Secas.

Corinthians 2x0 Mogi Mirim



O que seria do Corinthians pós-aposentadoria de Ronaldo, ninguém podia afirmar. E logo na primeira partida sem a sombra do Fenômeno no grupo, Liedson mostrou que se a Fiel não tem mais R9, pode ao menos comemorar a chegada de um novo "Fenômeno". Com dois gols do Levezinho, o Timão venceu o Mogi Mirim, por 2 a 0, no Pacaembu, e colou nos líderes do Paulistão.

Mesmo sem o Fenômeno, a vida seguiu para o Corinthians. Sofrendo com os problemas de armação, o Timão pouco criou durante toda a partida. No entanto, o oportunismo de Liedson apareceu e a Fiel acabou "premiada" com os três pontos. Bem posicionado o atacante marcou o primeiro gol num rebote. O segundo, numa bobeada incrível do goleiro do Mogi.

A pior notícia, no entanto, foi a lesão de Chicão, que sentiu a coxa ainda no primeiro tempo. O capitão foi substituído e preocupa a torcida corintiana para o clássico contra o Santos, no próximo domingo. Com os três pontos, o Corinthians chegou à quinta colocação do Paulistão, com 16 pontos.


Liedson salva!

Em um primeiro tempo muito fraco tecnicamente, o Corinthians rondou a área adversária, tocou, tentou, mas não teve forças para abrir o placar. Apostando nos contra-ataques e encarando o empate como um bom resultado, o Mogi Mirim praticamente não saiu do seu campo de defesa.

Com a postura cautelosa do Mogi, Jucilei teve liberadade para chegar constantemente ao ataque, deixando Ralf preso no meio de campo e atento aos contra-golpes. Ainda assim, mesmo contra um adversário todo atrás, a dificuldade do Timão em armar as jogadas foi muito grande.

Ramírez e Danilo, teoricamente os dois armadores, não fizeram a bola chegar nos pés de Jorge Henrique e Liedson como deveriam. Enquanto o primeiro voltava para buscar, Liedson só apareceu quando recebeu algum lançamento em profundidade. Apagado, o atacante pouco produziu na etapa incial, mas criou a melhor (e única) oportunidade do Timão. Aos 10 minutos, Danilo desviou de cabeça para o Levezinho, que arriscou de primeira. A bola passou muito perto, rente à trave defendida por João Paulo.

Sem levar gol há três partidas, o principal acontecimento da primeira etapa foi a saída de Chião. Lutando contra uma contração na coxa esquerda desde os primeiros minutos de jogo, o capitão Alvinegro não aguentou e deu lugar a Wallace aos 26.


Na segunda etapa, o Corinthians voltou mais ligado e quase abriu o placar logo em seu primeiro lance de ataque. Aos 2 minutos, Jorge Henrique cruzou por baixo e Liedson arriscou de primeira, com muito perigo. No entanto, o Corinthians errou muitos passes e o Mogi segurou bem os avanços do Alvinegro.

Negociando sua saída do Corinthians, Jucilei deu lugar a Morais, aos 18 minutos. Com isso, o técnico Tite tentou resolvido os problemas de ligação entre o meio e o ataque. Ledo engano. O panorama da partida seguiu o mesmo e o empate sem gols se arrastou até os 27 minutos...

Foi aí que a estrela do atacante naturalizado português começou a brilhar. Dentinho, que havia entrado no lugar do criticado Danilo, arriscou de muito longe. Atrapalhado, o goleiro João Paulo largou e Liedson apareceu no meio de três zagueiros para mandar para a rede.

Atrás no placar, o Mogi Mirim resolveu sair para o jogo e arriscou alguns avanços. No entanto, era tarde demais e o Corinthians soube segurar bem a vantagem. E se a vida já não estava fácil para o Mogi, já no fim de jogo, aos 41 minutos, o goleiro João Paulo ainda deu de presente o segundo gol. Numa tentativa de driblar Liedson, o atacante foi mais esperto, roubou a bola e tocou para o fundo do gol.

Mesmo jogando mal, o Corinthians levou a melhor e mostrou que mesmo sem sua principal referência no ataque, a Fiel pode ficar tranquila: se precisar, o "Fenômeno" Liedson resolve!

No próximo domingo, o Corinthians faz clássico contra o Santos, no Pacaembu, às 16h. No mesmo horário, o Mogi Mirim recebe o Palmeiras, em casa.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 2 x 0 MOGI MIRIM

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 17/2/2011 / 21h50
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Auxiliares: Daniel Luis Marques e Gustavo Rodrigues de Oliveira
Renda e público: R$ 189.581,00 / 7.248 pagantes
Cartões amarelos: Jucilei, Liedson (COR); Cleidson, Everton Dias (MOG)
Cartões vermelhos: Não houve
GOLS: Liedson, 27'/2ºT (1-0); Liedson, 41'/2ºT (2-0)


CORINTHIANS: Julio César, Alessandro, Chicão (Wallace, 26'/1ºT), Leandro Castan e Marcelo Oliveira; Ralf, Jucilei (Morais, 18'/2ºT), Ramírez e Danilo (Dentinho, 10'/2ºT); Jorge Henrique e Liedson. Técnico: Tite.

MOGI MIRIM: João Paulo, Niel, Audálio, Leomar e Cleidson; Baraka, Val, João Paulo (Everton Sena, 34'/2ºT) e Geovane; Roberto Jacaré (Paulo Isidoro, 23'/2ºT) e Denílson. Técnico: Guto Ferreira.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Oscar Roberto Godoy é baleado em São Paulo



O ex-árbitro Oscar Roberto Godói, atualmente comentarista da Rádio Transamérica, foi baleado na noite desta quarta-feira, em Perdizes, na Zona Oeste de São Paulo.

Godói teria sido alvo de um assalto na Rua Diana, por volta das 22h, e acabou ferido. O ex-árbitro levou dois tiros, e, segundo o Pronto Socorro do Hospital das Clínicas, para onde foi levado, um atingiu o tórax e o outro a região cervical. Uma das balas ainda estaria alojada.


Segundo o comentarista e médico Osmar de Oliveira, que esteve com Godói no hospital, o ex-árbitro estava consciente e assustado, mas aparentemente estava bem.

Godói passará por uma angiotomografia, exame para detectar se algum vaso foi rompido.

- O exame vai definir se Godoi terá vida normal. Hemorragia foi drenada. Pela tendência, ficará tudo bem - afirmou Osmar de Oliveira em entrevista à Rádio Bandeirantes.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Tipos de Cornos ha-ha-ha

01-CORNO MANSO - O que vê a mulher com o outro e só balança a cabeça.

02-CORNO BANANA - A mulher vai embora e deixa uma penca de filhos.

03-CORNO XUXA - O que não larga a mulher por causa dos baixinhos.

04-CORNO AZULEJO - Baixinho, quadrado e liso.

05-CORNO GALO - O que tem chifre até nos pés.

06-CORNO PREVENIDO - O que liga para a esposa antes de ir para casa.

07-CORNO ATLETA - Enquanto ele sai para jogar futebol, o Ricardão chega para encher a bola.

08-CORNO POLÍTICO - O que promete: "Eu vou matar esse cara!"; mas nunca cumpre.

09-CORNO CETICO - Quando vê a mulher com o outro não acredita.

10-CORNO INFLAÇÃO - A cada dia que passa o chifre aumenta.

11-CORNO ELÉTRICO - Quando alguém lhe conta que sua mulher esta com outro, responde: "Fica frio que eu tô ligado!"

12-CORNO SALÁRIO - Baixinho e só comparece uma vez por mês.

13-CORNO CEBOLA - Quando vê a mulher com outro chora.

14-CORNO 7 DE SETEMBRO - Aquele que a mulher só da bandeira.

15-CORNO GELADEIRA - O que leva chifre mas não esquenta.

16-CORNO IO-IO - Aquele que vai e volta.

17-CORNO AMBULÂNCIA - Aquele que quando vê a mulher com outro sai gritando: Uau! Uau! Uau!

18-CORNO JIBÓIA - O que dorme entre as pernas da mulher.

19-CORNO BATERIA - O que fica dizendo: "Vou tomar uma solução!".

20-CORNO PORCO - Aquele que só come resto.

21-CORNO MORCEGO - Aquele que só aparece a noite para chupar.

22-CORNO SOCIALISTA - Aquele que não se importa em dividir com os outros.

23-CORNO ABELHA - O que vai para a rua fazer cera e volta cheio de mé.

24-CORNO TERREMOTO - Quando vê a mulher com o outro começa a tremer.

25-CORNO BRAHMA - Aquele que pensa que é o número 1.

26-CORNO BAVARIA - Aquele que divide a mulher com os amigos.

27-CORNO GRANJA - O que da casa comida mas é os outros que comem.

28-CORNO 120 - O que vê a mulher com o outro fazendo 69, sai e vai no boteco tomar um 51.

29-CORNO PESCADOR - Aquele que prefere segurar a vara.

30-CORNO DESINFORMADO - Ele é o último a saber.

31-CORNO RELIGIOSO - Aquele que acha que a mulher da para fazer caridade.

32 -Corno Agressivo - Quando sabe, bate na mulher.

33 - Corno Amnésia - Quando bebe esquece que é corno.

34 - Corno Artista - Acha que levar chifre é uma arte.

35 - Corno Assumido - Assume os chifres e azar para quem se importa.

36 - Corno Ateu - Aquele que leva chifre e não acredita que é corno.

37 - Corno Atrasado - Aquele que é sempre o último a saber que é um.

38 - Corno Atrevido - Aquele que se mete na conversa da mulher com o Ricardão.

39 - Corno Babaca - Aquele que acredita em tudo que a mulher diz.

40 - Corno Bondoso - Aquele que perdoa sempre as fugas da mulher.

41 - Corno Bravo - Aquele que quando chamado de corno quer brigar.

42 - Corno Brincalhão - Aquele que leva chifre o ano inteiro e no carnaval sai fantasiado de Ricardão.

43 - Corno Burro - Aquele que quando é chamado de corno, fica sem entender.

44 - Corno Caçador - Aquele que vive procurando quem lhe bote um par de chifres.

45 - Corno Camarada - Aquele que ainda empresta dinheiro para o Ricardão.

46 - Corno Caninha - Aquele que só chega em casa bêbado.

47 - Corno Canoa - Aquele que é manobrado pela mulher.

48 - Corno Carrapato - Aquele que vive grudado na mulher tentando evitar o chifre.

49- Corno Cheguei - Aquele que quando chega em casa grita bem alto: "Amor, cheguei!"

50 - Corno Churrasco - Aquele que mete a mão no fogo pela mulher.

51 - Corno Cigano - Aquele que toda vez que leva chifre, muda de bairro e diz para os vizinhos que veio de São Paulo.

52 - Corno Conformado - Aquele que acha que nasceu para ser corno.

53 - Corno Crente - Aquele que sempre crê que só entra no céu quem tem chifre.

54 - Corno Cuscuz - Aquele que vê e abafa.

55 - Corno Denorex - Aquele que não parece, mas é.

56 - Corno Desconfiado - Aquele que quando chega em casa procura o Ricardão até debaixo da cama.

57 - Corno Descarado - Aquele que leva chifre e ainda sai desfilando com a mulher.

58 - Corno Detetive - Aquele que segue a mulher dos cornos e esquece da dele.

59 - Corno de Recado - Aquele que ainda leva bilhete da mulher para o Ricardão.

60 - Corno Educado - Aquele que aprendeu com o pai e nunca deixa de cumprimentar o Ricardão.

61 - Corno Familiar - Aquele que leva chifre de parente.

62 - Corno Famoso - Aquele que por onde passa e reconhecido como tal.

63 - Corno Fofoqueiro - Aquele que leva chifre e sai contando para todo mundo.

64 - Corno Fracassado - Aquele que é doido para ser corno e a mulher não ajuda.

65 - Corno Frio - Aquele que leva chifre e não esquenta.

66 - Corno Galo - Aquele que tem chifre até nos pés, a mulher é uma galinha e ele ainda vive cantando.

67 - Corno Homicida - Aquele que quando sabe que é corno, tenta se matar.

68 - Corno Indeciso - Aquele que quando descobre que não sabe o que faz.

69 - Corno Inocente - Aquele que é corno e não sabe.

70 - Corno Manso - Aquele que evita qualquer confusão com o Ricardão.

71 - Corno Masoquista - Aquele que leva chifre e não larga a mulher.

72 - Corno Medroso - Aquele que fica esperando o Ricardão ir embora.

73 - Corno Mentiroso - Aquele que mente sempre para defender a mulher.

74 - Corno Misterioso - Aquele que esconde a mulher para ninguém ver.

75 - Corno Morcego - Aquele que só aparece à noite para chupar.

76 - Corno Pai de Santo - Aquele que chega em casa e tira o caboclo de cima da mulher.

77 - Corno Papai Noel - Aquele que leva chifres, vai embora e volta por causa das crianças.

78 - Corno Penoso - Aquele que tem pena de deixar a mulher.

79 - Corno Pilatos - Aquele que quando sabe lava as mãos.

80 - Corno Político - Aquele que só faz promessa "Eu vou matar esse cara".

81 - Corno Preguiça - Aquele que só chega atrasado e diz: "Eu ainda te pego".

82 - Corno Radar - Aquele que sabe que é corno a distância.

83 - Corno Repetente - Aquele que troca de mulher mas continua corno.

84 - Corno Revoltado - Aquele que não aceita a realidade.

85 - Corno São Tomé - Aquele que só acredita quando ver.

86 - Corno Secreto - Aquele que está em nosso meio mas ninguém sabe.

87 - Corno Surdo - Aquele que não dá ouvidos a ninguém, sua mulher é uma santa.

88 - Corno Sem Vergonha - Aquele que a mulher bota chifre até com sapatão.

89 - Corno Teimoso - Aquele que leva chifre da mulher e da amante.

90 - Corno Temporal - Aquele que vive dando tempo para deixar a mulher.

91 - Corno Terremoto - Aquele que quando vê a mulher com outro fica tremendo de raiva.

92 - Corno Valente - Aquele que não sabe, mas quando fica sabendo vira uma fera.

93 - Corno Vingador - Aquele que para se vingar dá o rabo na frente da mulher.

Roberto Carlos: 'Poderia ter jogado com uma perna só contra o Tolima'

Contratado por dois anos e meio pelo Anzhi Makhachkala (RUS) depois de rescindir com o Corinthians, Roberto Carlos voltou a afirmar que poderia ter atuado na partida contra o Tolima (COL), no dia 2 de fevereiro, pela primeira fase da Libertadores e que a decisão de deixá-lo fora do jogo na Colômbia foi tomada pelo técnico Tite, que alegou falta de confiança do lateral por causa de uma lesão muscular na coxa direita.

Sem o jogador em campo, o Timã perdeu por 2 a 0 em Ibagué (COL) e foi eliminado precocemente na sua nona participação no mais importante torneio sul-americano.


- Eu não falei que estava sem confiança para ele. Ele que não me achou com confiança para bater na bola. Não tenho nada contra ele, me tratou bem, um cara maravilhoso. Eu poderia jogar com uma perna só contra o Tolima. Fiz a temporada do ano inteiro passado com muita dor e joguei 60 partidas. Esse que era o jogo mais importante...Ele achou melhor eu não jogar. Não insisti - declarou em entrevista à Rádio Bandeirantes.


Irritado com os comentários de que teria fica fora do confronto decisivo por medo, o ex-lateral da Seleção Brasileira abordou seu currículo para desmentir estas afirmações


- Um jogador igual a mim, que jogou contra Barcelona (ESP), Manchester United (ING), fez vários jogos pela Seleção Brasileira, não iria pipocar para o Tolima, né?

O atleta de 37 anos se desvinculou do Corinthians na última sexta-feira. Segundo ele, os violentos protestos no CT Dr. Joaquim Grava abreviaram sua passagem pelo clube do Parque São Jorge, com quem tinha contrato até o fim deste ano.


- Se não tivesse todo aquele problema de quebrarem os carros dos massagistas, roupeiros, dos jogadores, o pensamento era de jogar esse e mais um ano pelo Corinthians. Não preciso mais passar por isso na carreira.

Roberto Carlos também aponta o vandalismo como um dos motivos de Ronaldo ter decidido pela aposentadoria da carreira como jogador profissional.


- Me senti injustiçado porque eu não joguei na Colômbia. Fui lá para jogar, não joguei, mas poderia ter jogado tranquilamente. O Ronaldo também saiu do clube por causa disso. Ele esperou eu tomar a decisão de sair e depois ele tomou também.

Roberto Carlos é o novo reforço do Anzhí Makhachkala

O lateral-esquerdo Roberto Carlos, que, no último sábado, rescindiu contrato com o Corinthians, acertou sua transferência para o Anzhí Makhachkala, equipe da república russa do Daguestão, com a qual assinou contrato até 2013. O acerto foi anunciado pelo clube em comunicado oficial.

- Vou para a Rússia com grande interesse. Quando decidi continuar minha carreira no país de vocês, o dinheiro não foi um argumento decisivo - disse Roberto Carlos, esta semana, ao jornal russo "Sport-Express".

Campeão mundial com a Seleção em 2002, o lateral chegou a afirmar que desejava voltar à Europa, onde já havia atuado entre 1995 e 2009, em suas últimas temporadas como atleta profissional.

No Anzhí, que no último Campeonato Russo ficou na 11ª posição, a apenas três pontos do rebaixamento, o jogador brasileiro receberá cerca de R$ 11 milhões por ano, segundo a imprensa local. A estreia deverá acontecer no final deste mês, contra o Zenit São Petersburgo, pela Copa da Rússia.

- Roberto já tem 37 anos, mas está muito motivado. É uma pessoa muito ambiciosa. Quer ganhar todas as competições. Talvez seja um dos jogadores com mais títulos da história. Seu objetivo com o Anzhí é alcançar a posição mais alta possível na classificação - declarou o agente do atleta, Fabiano Farah.

Farah revelou também que, além de vários clubes do Reino Unido, Estados Unidos, Oriente Médio e Austrália, equipes brasileiras como Palmeiras e Flamengo mostraram interesse em seu cliente, mas que este nunca defenderia outra camisa no Brasil que não fosse a do Corinthians.

Roberto Carlos expressou seu desejo de jogar suas últimas temporadas na Europa depois de receber ameaças de morte após a eliminação do Corinthians na fase preliminar da Taça Libertadores para o colombiano Deportes Tolima.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Amor invisível

Ninguem poder ver ... mas posso sentir ......
Ja me do.....minou .....ao te ver passar......
O amor e assim ... invisi......vel.....
Tao incri.....vel ...a dois passos do futuro... ......
Tomou conta do meu ser
Me ensinou o que e de dar
Noite e dia te amar
Um olhar banhado a ou.....ro
Tudo aqui se transformou
Coracao a coracao
Bate forte com alguem especial.... ......
Valeu nossa jornada
Vale nossa jornada... ......
Nao posso ver, posso sentir
Que esse sonho nao tem fim
Venceu.... .... .....venceu.... .... .....
Mais uma vez o amor venceu.... .... .....

Alma gemea

Meu amor eu sou todo seu de corpo alma e coração...
Linda flor quero viajar no seu jardim de ilusão...
Não vou deixar de te amar
Pois preciso do seu amor, seu calor em meu peito
Ascende a paixão a loucura e o tesão...
Nunca mais vou deixar o teu pranto rolar...
Porque te amo tanto
Porque te quero demais
Sinto saudade do teu cheiro do amor que a gente faz
Quero o teu corpo femea
A nossa alma é gemea
Meu coração precisa de voce

Ronaldo é homenajeado um dia após o adeus



Nesta terça-feira, um dia após anunciar sua aposentadoria, Ronaldo já recebeu a primeira homenagem do Corinthians. A faixa "prasemprefenomeno", que estava colocada em frente à mesa principal da coletiva em que Ronaldo anunciou sua aposentadoria, foi exposta do lado de fora do CT Joaquim Grava, por cima do pôster ilustrado do clube.

Apesar de ter encerrado sua vitoriosa carreira como jogador de futebol, Ronaldo já anunciou também que permanecerá ligado ao Corinthians, como um embaixador do clube, capaz de proporcionar maior dimensão à marca Corinthians, pelo mundo.

Ronaldo ganha mais destaque do que Flamengo em jornais alagoanos

O anúncio da aposentadoria de Ronaldo, na segunda-feira, minimizou a presença do Flamengo, em Maceió (AL), no noticiário esportivo de dois principais jornais alagoanos.

O Fenômeno, inclusive, não é destaque apenas no caderno esportivo, mas também é a manchete principal dos diários.

A chegada do Rubro-Negro à capital de Alagoas e a recepção por quase 500 torcedores na madrugada desta terça-feira não foram registras pelas edições.

O "O Jornal" diz que o Flamengo não deverá poupar os principais jogadores para o duelo desta quarta-feira diante do Murici e destaca a presença de Ronaldinho Gaúcho como titular.

Já a "Gazeta de Alagoas" destaca o treino que o time fará no Rei Pelé com os portões abertos, a partir das 18h30, de Brasília (DF).

Flamengo e Murici se enfrentarão nesta quarta-feira, às 22h de Brasília (DF), na estreia do time de Vanderlei Luxemburgo na Copa do Brasil.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Rivaldo sobre Ronaldo: 'Estou na marca do pênalti'



Um dos grandes companheiros que Ronaldo teve em campo se emocionou ao vê-lo chorando na televisão, ao se despedir oficialmente do futebol profissional.

- Nunca tinha visto (Ronaldo tão emocionado). É um momento difícil para um profissional. A pessoa fica triste pela situação, é normal - disse Rivaldo.

Aos 38 anos, o ex-colega de Seleção do Fenômeno, tão importante quanto o atacante no pentacampeonado mundial de 2002, lamentou a aposentadoria do jogador.

- É triste, é triste. Eu considero muito o Ronaldo. Para mim, foi um privilégio ter jogado ao lado dele. Foi um dos melhores jogadores que pude jogar junto. Mas isso é a vida de qualquer ser humano. Hoje foi a dele, daqui a pouco vai ser a minha. É torcer para que ele possa ter uma vida mais tranquila - desejou.

Com contrato até dezembro com o São Paulo, Rivaldo já tem preparada a sua aposentadoria. Quando parar, vai retomar a presidência do Mogi Mirim, posição que teve de abandonar por conta do contrato firmado com o Tricolor paulista.

- Não sei se vou sentir tanto quanto ele sentiu. Eu já venho me preparando, estou no meio do futebol, lá no Mogi Mirim - diz o atleta, que já se prepara para a situação:

- Estou na marca do pênalti. Mas o importante é saber que você se esforçou - finalizou.

Poupado pela comissão técnica, Rivaldo não viaja para Campina Grande (PB), onde o Sampa encara o Treze na quarta-feira, no Amigão, pela Copa do Brasil.

Outro pentacampeão são-paulino que comentou sobre a aposentadoria do atacante foi Rogério Ceni, que esteve em duas Copas do Mundo com o corintiano: em 2002 e em 2006.

- Não vou dizer que fico triste porque cada um tem o direito de escolher a hora de parar. Mas foi um jogador fantástico, sensacional, um dos maiores que o mundo viu. Um gênio dentro do campo. Que as pessoas não levem a imagem dele do último jogo (contra o Tolima-COL), mas sim de uma carreira toda vencedora. Onde ia levava multidões consigo. Desejo a ele mais sucesso ainda numa próxima carreira - desejou.

Ronaldo toma remédios desde Janeiro

Apesar de dizer que não tomava remédio contra o hipotireoidismo por causa do doping e que, por isso, não conseguia emagrecer, Ronaldo retomou o tratamento em janeiro deste ano. Orientado pelo departamento médico, que detectou alteração no nível de TSH (hormônio estimulante da tireóide), passou a tomar 100mg de levotiroxina sódica diariamente.

A doença foi diagnosticada em 2007, quando ele defendia o Milan (ITA). Como o clube italiano fez na ocasião, o Corinthians também comunicou a Fifa e a Agência Mundial Antidoping (Wada) que o Fenômeno estava tomando o remédio. O componente ativo do levotiroxina não consta na lista de substâncias proibidas pela Wada.

– Ele veio da Itália sem fazer o tratamento. Na época em que chegou ao Corinthians, o clube também diagnosticou o hipotireoidismo, mas Ronaldo
disse que havia interrompido e foi decidido que continuaria sem tomar o remédio porque o nível de hormônio estava normal. Neste ano, houve
alteração e decidimos voltar com o tratamento. Então, ele passou a tomar o levotiroxina (sódica) 100mg uma vez por dia, de preferência pela manhã – afirma Julio Stancati, um dos médicos do Corinthians.

Para o fisiologista Daniel Portela, que trabalhou com Ronaldo no Parque São Jorge de janeiro de 2009 a maio do ano passado, o tratamento não foi
retomado antes porque os exames não apontaram alterações no hormônio estimulante da tireóide (TSH, em inglês Thyroid-stimulating hormone):

– Em 2009, que foi o primeiro ano no Corinthians, ele entrou em forma, foi campeão e artilheiro do time na temporada. E o exame apontava que
estava normal a taxa de TSH no sangue.

Adeus de Ronaldo: O dia em que o Futebol ficou menos fenomenal

Independente de preferências clubísticas acho que hoje o futebol perdeu um pouco da sua alegria com a despedida do Ronaldo Fenômeno.

Um gênio, monstro, craque, exemplo de superação e de humildade!

3 vezes o melhor jogador do mundo, 4 Copas disputadas e 2 conquistadas, o maior artilheiro da história das Copas. Um cara que quando todos davam como "morto" para o futebol sempre ressuscitava e voltava a nos dar muitas alegrias, o maior exemplo disso foi em 2002 quando todos falavam que ele nunca mais seria o mesmo depois da contusão que teve pela Internazionale e ele foi o "cara do Penta", jogou muito inclusive fazendo os 2 gols na decisão.

Claro que nos últimos anos não era o mesmo Ronaldo que havia nos encantado há alguns anos atrás, mas não tinha como repetir os feitos anteriores depois de tantas contusões e a forma física não ser mais a mesma.

Aí apareceu um "novo Fenômeno", com as costas largas pra aguentar pancada da imprensa e de torcedores que faziam chacota com ele, esquecendo de tudo que ele representava tanto pro futebol brasileiro como mundial.

Eu particularmente já o admirava e muito, agora mais ainda. Até na despedida ele teve humildade o suficiente pra reconhecer derrotas e pedir desculpas, inclusive pra Fiel torcida corintiana por ter fracassado no maior objetivo que era ganhar a Libertadores.

Costumo dizer que craques vi vários, mas GÊNIOS só vi 3: Ronaldo, Romário e Zidane.

Esses 3 eu posso dizer que não tive a oportunidade de vê-los jogar, mas sim o PRIVILÉGIO!

OBRIGADO POR TUDO RONALDO!

O adeus de Ronaldo Fenomeno





Ronaldo diz: Nunca ví torcida tão apaixonada

A paixão do torcedor corintiano ficará guardada na memória de Ronaldo. Em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira, que marcou sua despedida oficial como jogador profissional, o Fenômeno confirmou que será embaixador do clube no exterior a partir de agora e lembrou do sentimento daqueles que torcem pelo Timão.


- Quero agradecer à torcida brasileira que vibrou comigo, que torceu por mim, que chorou comigo quando chorei, que caiu comigo quando cai. Em especial, quero agradecer à torcida do Corinthinas, porque eu nunca vi uma torcida tão empolgante, tão apaixonada, tao entregue assim a um time de futebol - afirmou o ex-camisa 9, que ainda ressaltou que o excesso de paixão tem consequências não tão boas.

- Em algumas vezes, essa cobrança por resultados faz dessa torcida também um pouco agressiva, um pouco fora do controle. Mas, como eu disse em outras entrevistas, eu não imaginava realmente ter vivido minha carreira sem o Corinthians - completou.

Por fim, após agradecer ao presidente Andrés Sanchez, Ronaldo pediu desculpa à torcida corintiana pelo fracasso na Copa Libertadores. Em 2010 e 2011, o Timão não conseguiu levantar sua primeira taça.

- Quero pedir desculpas, publicamente, pelo fracasso no Projeto Libertadores. Quero dizer que vocês (Andrés Sanchez) é meu irmão, que a história aqui foi linda, foi maravilhosa e continuarei ligado ao clube da forma que você quiser - lembrou.

- Podem ter certeza que, muitas vezes, vão me ver no estádio assistindo aos jogos - finalizou.

Ronaldo admite: 'Eu perdi para o meu corpo'



Após o anúncio de sua aposentadoria, no início da tarde desta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, Ronaldo Fenômeno citou a derrota para suas limitações físicas como o principal motivo para antecipar a decisão.

- Eu perdi para o meu corpo. Hoje, sinto dores ao subir uma escada - afirmou o Fenômeno, que, logo no início da coletiva, em seu anúncio, já havia anunciado que as recorrentes lesões o fizeram tomar a decisão pela aposentadoria - afirmou o craque, que se emocionou ao citar as dificuldades e superações que enfrentou ao longo da carreira.

Ronaldo ainda revelou um problema de hipotireoidismo, descoberto ainda no Milan, há quatro anos, que o faz ter dificuldade em perder peso. Segundo o Fenômeno, o problema não o fez pensar na aposentadoria ainda na Europa, mas dificultava cada vez mais sua luta contra a balança.




O eterno camisa 9 do clube, que promete continuar seu vínculo com o Corinthians após a aposentadoria, a decisão foi tomada ainda na última semana, quando refletiu sobre as sucessivas lesões.

- A decisão veio quinta-feira. As dores me possuiam, me consumiam, não conseguia pensar em mais nada. Neste último ano, de 2010, foi um ano péssimo de lesões. Começar um ano assim, em 2011, jogando, e sua cabeça pensar uma coisa, você driblar um zagueiro achando que você vai ganhar, como sempre conseguiu, e não conseguir, foi o que me motivou a parar - concluiu.

Ronaldo anuncia aposentadoria




É o fim. No início da tarde desta segunda-feira, emocionado, Ronaldo Fenômeno anunciou sua aposentadoria do futebol, em entrevista coletiva concedida no CT Joaquim Grava. Após anos como um dos melhores jogadores do mundo e uma passagem de mais de dois anos pelo Corinthians, o eterno camisa 9 decidiu pendurar as chuteiras.

- Como vocês devem imaginar, ouviram falar no fim de semana, eu estou aqui hoje para falar que estou encerrando minha carreira como jogador profissional - disse o Fenômeno, logo em sua primeira frase na sala de imprensa do CT Joaquim Grava, após respirar fundo algumas vezes e se preparar para anunciar o adeus.

Para justificar a decisão antecipada, o Fenômeno, que tinha contrato com o clube até o fim de 2011, afirmou que suas recorrentes lesões o fizeram repensar e anunciar a aposentadoria.

Além disso, o craque, de 34 anos, revelou ainda um histórico de hipotireoidismo, que o impede de realizar o tratamento adequado para perder peso. Segundo o jogador, o tratamento exigiria a utilização de alguns hormônios e medicamentos que seriam identificados como doping no futebol.

- Alguns aqui devem estar arrependidos pelas chacotas com meu peso. Eu não guardo mágoa de ninguém, mas gostaria de explicar isso no meu último dia de carreira.

O Fenômeno relembrou bons e maus momentos, agradeceu aos clubes pelos quais passou, os antigos companheiros, a torcida brasileira e, principalmente, a torcida corintiana. Ao citar o Corinthians, o Fenômeno se emocionou, chorou, e disse se impressionar com a entrega e devoção com a qual a Fiel apoia o clube. Ronaldo afirmou que pretende continuar vinculado ao clube, mesmo após encerrar sua carreira como jogador.

No Timão, foram 69 jogos disputados, desde o primeiro, contra o Itumbiara, ainda pela Copa do Brasil de 2009, até o último, contra o Tolima (COL), que marcou a eliminação do Corinthians na Libertadores. Na passagem pelo clube, contabilizou 35 gols.

Após a queda do Timão na Libertadores e os consequentes protestos de parte da torcida contra a permanência do Fenômeno do clube, Ronaldo decidiu que era a hora de parar. Além disso, a briga contra a balança e por um condicionamento físico melhor também foram fundamentais para a decisão do Fenômeno, que afirmou que seu corpo já não o acompanhava mais.

Ao longo de sua carreira, Ronaldo ficou conhecido, por meio de seu futebol e de sua capacidade de superação, como um dos melhores atletas da história do futebol. Conquistou três vezes o prêmio de melhor jogador do mundo, em 1996, 1997 e 2002, mesmo ano em que foi protagonista do título da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, além de muitas outras conquistas pelos clubes nos quais passou.

Ronaldo discursa e é aplaudido de pé pelos companheiros



Por volta de 10h40, Ronaldo saiu das instalações do CT Joaquim Grava para o campo acompanhado dos filhos Ronald e Alex, e do presidente do Corinthians, Andrés Sanchez. Então, encontrou-se com os companheiros, e fez um discurso por menos de cinco minutos. Foi aplaudido e abraçado por todos. Depois, o técnico Tite fez um discurso para os demais

Gaviões da Fiel sobre Ronaldo: 'Ele também não respeitou a torcida'

A principal facção uniformizada do Corinthians, Gaviões da Fiel, por meio de seu presidente, Eduardo Fontes, o Pantchinho, afirmou que Ronaldo, assim como a equipe, não vinha respeitando os torcedores dentro de campo.

Para Eduardo, nessas horas não adianta o jogador ser um craque para virar ídolo e que o Fenômeno deveria passar por cima das críticas dentro de campo, assim como outros jogadores.


– É uma falta de respeito o jeito que ele e o time jogou na Libertadores. Ele também não respeitou a torcida. Se ele se deixou abalar com isso, não serve. Tem outros jogadores que já passaram por crises assim e se superaram em campo. Não adianta ser craque para virar ídolo.

O responsável pela organizada ainda falou que assim como Roberto Carlos, o Fenômeno usará a pressão da torcida como álibi para deixar o Corinthians.

– O RC usou disso para sair. Ele queria ser negociado e usou isso como pretexto, mas para a gente não cola. Tem que estar nos momentos bons e ruins. Não cobramos resultado e sim raça – afirmou Eduardo.

Apesar das críticas pelas últimas atuações de Ronaldo e do time, Pantchinho admitiu a importância de Ronaldo nos últimos anos e disse que, apesar de tudo, a torcida corintiana tem que agradecer o atacante.

- Temos que agradecer pelo que ele fez pelo Corinthians. Temos uma dívida de gratidão com ele. Vamos sempre lembrar dele como o Fenômeno ter passado pelo corinthians, ele trouxe coisas boas, títulos e outras coisas mais... - concluiu.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Ronaldo anunciará aposentadoria nessa segunda



O atacante Ronaldo, do Corinthians, irá anunciar o fim de sua carreira na tarde desta segunda-feira, mais precisamente às 12h40, quando concederá coletiva no CT Joaquim Grava. O jogador, que já tomou esta decisão, concedeu entrevista ao jornal "O Estado de São Paulo" e admitiu que não aguenta mais jogar futebol.

- Não aguento mais. Eu queria continuar, mas não consigo. Penso uma jogada, mas não a executo como quero. Está na hora. Mas foi lindo pra caramba - disse o atacante.



A coletiva será concedida após uma reunião entre Fabiano Farah (agente do jogador), Andrés Sanchez e o próprio Fenômeno. Nela, o atacante apenas comunicará ao Corinthians que a decisão já foi tomada.





Após chegar ao Corinthians no fim de 2008, Ronaldo conquistou o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil no primeiro semestre de 2009. Jogando bem, ele foi o principal destaque da equipe nestas conquistas.

No entanto, depois disso, Ronaldo não conseguiu mais atuar em alto nível. Atrapalhado por lesões e com dificuldades para entrar em forma, o Fenômeno ficou muito mais fora do que dentro de campo.



Depois de fracassar na Copa Libertadores no ano do centenário alvinegro, Ronaldo prometeu que só iria se aposentar no fim de 2011. A eliminação na competição deste ano para o Desportes Tolima, no entanto, foi decisiva na perda de motivação do jogador para continuar até o fim da temporada.

Paulista 0x0 Corinthians



Sob o forte calor de Jundiaí, o Timão ficou só no empate com o Paulista no estádio Jayme Cintra, na tarde deste domingo: 0 a 0, e fim da sequência vitoriosa do Timão - que havia vencido Palmeiras e Ituano.


O resultado mantém o Corinthians na sexta colocação, com 13 pontos. Já o Galo da Japi continua no meio da tabela, com 9 pontos, na 12ª colocação.

JOGO QUENTE


Mesmo há cinco jogos sem vencer - três empates e duas derrotas -, o Paulista começou melhor a partida. Em uma série de lances perigosos, o time da casa esbanjou ofensividade e encurralou o Timão em seu campo de defesa. Aos 13 minutos, com Baiano, aos 15, com Rone Dias carimbando a trave de Julio Cesar, e aos 18, quando Guigov escapou e cruzou com perigo, o Paulista mostrou maior qualidade para abrir o placar.

Mas o Timão respondeu com Danilo, aos 24. Jucilei, aos 25 minutos e Liedson, aos 31, recolocaram o Corinthians na partida. Luís Ramírez, o Cachito, também mostrou seu futebol, arriscando com perigo de fora da área.

Dos pés do peruano, saiu a melhor jogada do Timão na primeira etapa, aos 41. Ele tocou por cima, enganando a zaga, e Alessandro, livre, errou dentro da área.

Quando o Paulista de Jundiaí dava demonstrações de que seria mero espectador, Rone Dias fez grande jogada aos 44. Deixando Chicão e Leandro Castán para trás, o atacante do Galo da Japi ficou cara a cara com Julio Cesar, mas exagerou no toque por cobertura.

Sobrou também para o goleiro Cristiano, do Paulista, que aproveitou os holofotes para dar o ar de sua graça. Ele tomou cartão amarelo aos 34 minutos do primeiro tempo depois de sair jogando perigosamente, perder para Jucilei e derrubar o volante corintiano. Pouco depois, o goleirão driblou Liedson dentro de sua própria área. Cristiano passou a ser chamado de Higuita pela torcida. Que figura!

Barboza já incendiou o segundo tempo, logo no primeiro minuto, fazendo fila e chutando na trave de Julio Cesar.
Mas o forte calor impediu que as equipes tivessem mais ímpeto ofensivo. A parada técnica foi realizada aos 22 minutos, para que os jogadores pudessem beber água.

A entrada de Willian no lugar de Danilo deixou o Timão mais veloz - e agressivo. Logo que entrou, o camisa 17 deu um chapéu no adversário e emendou para fora. Lindo lance!

Morais também entrou e causou furor na zaga adversária. Ele iniciou o lance dos 30 minutos do segundo tempo, quando serviu Alessandro em profundidade. O lateral achou Liedson, que finalizou fraco.

Mas o Timão não tinha armas para furar o bloqueio do time do interior e teve uma baixa significativa no fim do segundo tempo: aos 39, teve fim a pequena partipação de Paulinho no jogo. O volante, que entrara no lugar de Jucilei, foi expulso depois de carrinho perigoso.

Diante do forte calor e das dificuldades para penetrar na área, o Timão se jogou à frente como pode e não saiu de Jundiaí com uma vitória por pouco. A blitz do Timão teve início com Liedson, de cabeça, aos 44, cabeceando rente ao gol de Cristiano. Dois minutos depois, Willian ainda chutou à queima-roupa e Cristiano, o figurão, salvou o time da casa.

Liedson, de novo, dividiu com o goleiro e tocou na trave, no último lance da partida, aos 48. Mas o Timão não conseguiu passar pela muralha do time da casa.

Sem inspiração e com um a menos, o Corinthians empatou pela primeira vez em 0 a 0 na temporada e brecou a sequência de vitórias consecutivas depois do vexame na Libertadores.

O Paulista agora visita o Santo André no próximo sábado (19), em partida no estádio Bruno Daniel. Já o Timão joga antes, na quinta-feira (17), contra o Mogi Mirim no estádio do Pacaembu, em partida atrasada válida pela 4ª rodada do Campeonato Paulista.


FICHA TÉCNICA:
PAULISTA 0X0 CORINTHIANS

Estádio: Jayme Cintra, em Jundiaí (SP)
Data/hora: 13/2/2011 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Marcio Henrique de Gois
Auxiliares: Caio Mesquita de Almeida e Vitor Carmona Metestaine
Renda/público: R$ 343.343,00 / 8.770 pagantes
Cartões amarelos: Cristiano, Fabiano (PAU)
Cartões vermelhos: Paulinho, 39'/2ºT (COR)

PAULISTA: Cristiano; Weldinho (Sidnei, 28'/2ºT), Rodrigo Sabiá e Eli Sabiá e Guigov; Fábio Gomes, João Paulo, Baiano e Rone Dias (Vanderlei, 15'/2ºT); Barboza e Hernane (Fabiano, 21'/2ºT). Técnico: Wagner Lopes.

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Marcelo Oliveira; Ralf, Jucilei (Paulinho, 24'/2ºT), Danilo (Willian, 13'/2ºT) e Luis Ramírez (Morais, 30'/2ºT); Jorge Henrique e Liedson. Técnico: Tite

Fidelidade: Zagueiro defende o mesmo clube desde 1986

Numa época em que exemplos de jogadores identificados com um clube são cada vez mais escassos, vale o registro. Nascido em 23 de fevereiro de 1971, Noel Bailie, do Linfield FC é um zagueiro central atípico. Veste a camisa 11 e tem 1,75m de altura, medida considerada baixa para os padrões europeus na posição. Mas nada que ofusque ou minimize a marca espetacular alcançada pelo clube da Primeira Divisão da Irlanda do Norte. São mais de 24 anos de dedicação ao único clube de sua carreira profissional, e mais de mil jogos com a camisa azul. É o jogador em atividade há mais tempo no mesmo time.

Uma trajetória iniciada em 1986, justamente no ano do centenário do clube – outro recordista, com mais de 80 títulos nacionais, entre campeonatos e copas -, quando ainda tinha 15 anos de idade. Porém, a estréia só viria algum tempo depois, mais precisamente em um sábado, dia 30 de março de 1989, no empate fora de casa com o Ballymena. De lá para cá, muitos prêmios, histórias e quatro treinadores diferentes.

“Acredito ser importante que o jogador fique e se desenvolva em um clube só. Mas isso nem sempre é possível, já que por diversas razões a pessoa sente a necessidade de ir para outro lugar, ou o clube onde está precisa passá-lo adiante. Eu continuei no Linfield porque sempre fui muito bem tratado. Tenho uma ótima relação com a torcida. Os fãs sempre foram ótimos comigo e eu sou muito agradecido pelo apoio que eles me deram durante todos esses anos”, afirmou o zagueiro em entrevista exclusiva.

Treinador da equipe desde 1997, David Jeffrey foi companheiro de Bailie dentro de campo, e acompanhou a evolução do jovem, que nasceu em Belfast, desde a chegada ao clube, ainda com espinhas no rosto, até se transformar no xerife da defesa do Linfield.

“Ele é verdadeiramente uma lenda viva. Não só pela sua carreira vitoriosa, mas também por sua lealdade ao Linfield, sua longetividade no clube. Ele ainda é um grande jogador, é incrível. Tem sido o capitão da equipe por 14 anos, um grande líder e um profissional muito dedicado. Ele cuida muito bem de sua forma física, então mantém uma média de performances muito alta. O que já atingiu é fantástico. Acho que sua maior história pelo clube seja a soma de todas elas”, comentou Jeffrey, também com exclusividade.

No esplendor de seus 39 anos, Bailie ainda não definiu o momento em que irá pendurar suas gastas chuteiras. Algo que quase aconteceu na última temporada, por conta das tantas lesões que atacam a experiente carcaça do zagueiro com cada vez mais força. Mas com a vontade que encara os atacantes adversários, Bailie supera os percalços da fase final de sua carreira profissional e segue firme na defesa do Linfield FC.

“Eu pensei em me aposentar no Natal. As pernas já estão cansadas, a pesar um pouco. Na temporada passada tive muitas lesões, que acabaram me atrapalhando um pouco, justamente por terem sido uma após a outra. Mas eu não tenho dúvida da minha habilidade. Se eu não achasse que pudesse contribuir mais para o Linfield, ou jogar o meu melhor, eu já teria parado. Nunca se pode dizer nunca para o futebol. Bons tempos virão pela nossa frente, tenho certeza”, concluiu o jogador.

Brasil 6x0 Uruguai



Pela campanha, o resultado não poderia ser outro. O Brasil conquistou o Sul-Americano Sub-20 e, de quebra, carimbou o passaporte para a Olimpíada de Londres, no ano que vem. Com uma exibição simplesmente espetacular de Lucas, e com dois gols de Neymar, o Brasil fechou sua participação no torneio com uma goleada: 6 a 0 sobre o time do Uruguai.

No castigado campo do Monumental de Arequipa – que recebeu 15 jogos em menos de 15 dias –, coube ao jovem atacante do São Paulo, camisa 10 da Seleção, despertar um jogo que caminhava sonolento para o fim do primeiro tempo. Com dois gols relâmpago, aos 40 e aos 42, Lucas pôs o Brasil à frente.

Com Luna expulso por entrada violenta – principal arma da fraca equipe celeste –, as coisas pareciam ficar mais fáceis para o Brasil. E quando Vecino, carrasco da Argentina, desperdiçou um pênalti no início da segunda etapa, o time dirigido por Ney Franco pareceu finalmente ter achado o melhor caminho. E deslanchou.

Danilo, em boa jogada pela direita, fez o terceiro. Neymar, mesmo sem ser efetivo nas jogadas individuais, foi letal. Marcou duas vezes e tornou-se o maior artilheiro do Brasil em uma edição do torneio com nove gols. E em mais um golaço, Lucas fechou o placar para o Brasil.

A dupla é a chave do sucesso em Londres. O time dirigido por Ney Franco perdeu para a Argentina em um acidente de percurso (jogou com um a menos durante boa parte daquele jogo). Mas com os jogadores que tem – entre eles Casemiro e os laterais Danilo e Alexsandro, outros grandes destaques –, o ouro pode se tornar real.

O Mundial que acontece em julho, na Colômbia é a primeira meta. E, com os pés no chão, é título na certa.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 6x0 URUGUAI

ESTÁDIO: Monumental de UNSA, em Arequipa (PER)
DATA E HORA: Domingo, 13 de fevereiro de 2011, às 00h10 (de Brasília)
ÁRBITRO: Antonio Arias (PAR)
AUXILIARES: Francisco Mondria (CHI) e Rodney Aquino (PAR)
CARTÕES AMARELOS: Saimon (BRA), Cayetano, Platero, Polenta (URU)
CARTÕES VERMELHOS: Luna (URU), aos 44'/1ºT; Saimon (BRA), aos 2'/2ºT
GOLS: Lucas (1-0), aos 40'/1ºT; Lucas (2-0), aos 42/1ºT; Danilo (3-0), aos 5'/2ºT; Neymar, (4-0), aos 11'/2ºT; Neymar (5-0), aos 16'/2ºT; Lucas (6-0), aos 36'/2ºT

BRASIL: Gabriel, Danilo, Juan, Saimon e Alex Sandro; Fernando, Casemiro (Galhardo, aos 17'/2ºT), Oscar e Lucas (Gabriel Silva, aos 42'/2ºT); Neymar (Diego Maurício, aos 38'/2ºT) e Willian José
Técnico: Ney Franco

URUGUAI: Ichazo, Olivera, Platero, Cabrera e Polenta; Prieto (Arias), Cayetano (Pereira, intervalo), Vecino e Mayada; Luna e Rodriguez (Cepelini, intervalo)
Técnico: Juan Verzeri

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Louca Amizade

Toda madrugada eu só penso em você
Fico pensando se o nosso sonho se acabou
Não agüento tanto tempo
Hoje o pesadelo é que não pude te encontrar
Mas um lindo anjo veio para me falar
Que você irá voltar
E já não existe um paraíso sem você
Sem você não há mais letras para eu compor
A mais simples melodia
Nessa sinfonia onde o maestro é o grande amor
Essa letra são vestigios que você deixou
Pra dizer que ainda sou louco por você
Louca de verdade
Louca amizade
Louca minha vida
Eu sou louco pra te ter
Louca amizade
Que virou mais tarde
Louca minha vida
Ficou louca por você

Recado á gatinha

Gatinha eu quero um lance serio com você
Quero te tocar, te amar, te dar prazer
O que estou dizendo não é por dizer
To apaixonado por você
Gatinha deixa eu ficar do seu lado
Se me der um beijo eu peço bis
Gatinha deixa eu ser seu namorado
Contigo ao meu lado eu sou feliz

Eu estava tão sozinho e você apareceu
E agora eu te pergunto como foi que aconteceu
Me apaixonei tão de repente, eu não pude acreditar
Não da pra se defender, meu coração é o seu lugar
O amor não é um fruto, não nasce em qualquer lugar
E também não é encomenda, não tem hora pra chegar
Nasce apenas em quem ama, ou quem tem amor pra dar

Roberto Carlos está fora do Corinthians



A passagem de Roberto Carlos pelo Corinthians chegou ao fim. Sob alegação de ameaças de morte e perseguição, reveladas por ele! Na tarde da última quinta-feira, o lateral-esquerdo comunicou à diretoria seu desejo de deixar o clube. Neste sábado, o presidente Andrés Sanchez concedeu uma entrevista coletiva e confirmou a saída do jogador.


- Não estou decepcionado com ele. Nós oferecemos toda a segurança possível para ele. Em comum acordo, resolvemos liberá-lo.

Seu destino deve ser o futebol russo. A equipe do Anzhi Makhachkal, presidida pelo bilionário Suleiman Kerimov, ofereceu mais de R$ 15 milhões anuais, proposta essa que o agradou - ele ganhava cerca de R$ 5 milhões/ano no Parque São Jorge. O futebol dos EUA, por meio da direção do Los Angeles Galaxy, também está no páreo.

A trajetória de Roberto Carlos no Timão começou no dia 4 de janeiro do ano passado, com uma apresentação digna dos grandes astros do futebol mundial, diante de cerca de cinco mil torcedores no gramado da Fazendinha.

- Já vivi momentos de emoções na minha vida, mas esse momento é único - afirmou à época.

Em 2010, amargou insucessos no Estadual, na Libertadores e no Brasileirão, embora tenha sido eleito o melhor lateral-esquerdo do Nacional. Em 2011, um início promissor na partida contra a Portuguesa, com bom desempenho e um gol olímpico. Na Libertadores, porém, caiu em desgraça com a torcida. Além da eliminação da equipe para o Tolima, foi acusado de ter "pipocado" ao não participar do confronto de Ibagué (COL). Segundo Tite, ele não sentia confiança para jogar devido à dores na perna direita.

A passagem de Roberto Carlos pelo Corinthians termina com 64 jogos, cinco gols, oito cartões amarelos e dois cartões vermelhos. O astro não conseguiu conquistar nenhum título com a camisa alvinegra.

Corinthians corrige 107 dos 109 erros do Fielzão

O novo projeto do Fielzão que o Corinthians vai apresentar ao comitê organizador da Copa no dia 14 resolverá 107 dos 109 erros apontados pelo comitê sobre o primeiro projeto. Um diretor do clube disse que os dois que ficarão pendentes não são preocupantes. Mas a resposta do comitê só deve sair perto do final do mês.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

SóPagode10 - Site Fechado




Esclarecimento
O SóPagode10 foi notificado pela APCM
(Associação Antipirataria de Cinema e Música), que segundo ela teve diversas denuncias contra o SóPagode10 e sendo assim fomos forçado a fechar o site.
contato: suportesopagode10@hotmail.com

Anzhi Makhachkala faz proposta para ter Roberto Carlos




Ameaçado por torcedores corintianos após a queda da equipe na Copa Libertadores, Roberto Carlos afirmou que sente medo e pode ir embora. E o Anzhi Makhachkal, da Rússia, pode ser o futuro do lateral-esquerdo.

Said Abdulaev, diretor de futebol do clube, confirmou o interesse no camisa 6 corintiano, considerado um dos astros do futebol mundial.

- Não vou negar que Roberto Carlos interessa. O clube mudou com a chegada do novo dono e ele quer transformar o Anzhi em um dos grandes (times) do país - afirmou o dirigente, em entrevista ao portal “Sports.ru”.

Fundado em 1991, na cidade de Makhachkala, o Anzhi nunca conquistou uma liga local. O clube, recentemente, foi comprado pelo bilionário russso Suleiman Kerimov.

O empresário Fabiano Farah, agente de Roberto Carlos, negou que tenha recebido proposta oficial dos russos. Porém, de acordo com informações do blog do jornalista Estevan Ciccone, a oferta é real e foi recebida pelo lateral-esquerdo com satisfação.

Jogador e empresário aguardam o retorno do presidente Andrés Sanchez, que esteve na Europa nos últimos dias, para tomar as decisões. A chance de ele sair, neste momento, é maior do que permanecer no clube.

Roberto Carlos: 'Estou sendo ameaçado e posso ir embora'




A passagem de Roberto Carlos pelo Corinthians pode estar chegando ao fim. O lateral-esquerdo, que foi um dos alvos dos protestos após a eliminação na Libertadores, não sente mais segurança para morar na cidade de São Paulo. O futebol do exterior deve ser o destino.

Em entrevista por telefone o camisa 6 revelou que vem sendo perseguido nas ruas, além de ser ameaçado por telefone.


- Estou repensando algumas coisas, estruturando minha segurança. Estou sendo muito ameaçado por telefone, minha família também. Até motos estão perseguindo meu carro nas ruas. Não sei, isso está passando dos limites...- desabafou.

Questionado sobre uma possível ida ao futebol dos EUA, Roberto Carlos garantiu que não tem nada fechado. Mas deixou no ar a possibilidade de deixar o Brasil nos próximos dias.

- O Fabiano (Farah, agente) está voltando do exterior no início da próxima semana. Se ele vier com alguma coisa boa do exterior, eu devo aceitar. Não vou para outro clube brasileiro, mas fora é outra situação. Vou analisar o que é melhor para mim. Posso ir embora, sim - avisou.

O camisa 6 não esteve em campo na derrota corintiana para o Tolima (COL), no último dia 2 de fevereiro. De acordo com o técnico Tite, por sentir-se inseguro com o incômodo na perna direita.



Na volta da Colômbia, Roberto Carlos, Ronaldo e Tite foram os principais alvos dos protestos que parte dos corintianos fizeram em aeroportos e no CT Joaquim Grava.

Rafael Moura pediu R$ 400 mil de salários ao Corinthians



O atacante Rafael Moura no fim do ano passado pediu R$ 400 mil mensais para assinar com o Corinthians. Ao Cruzeiro pediu R$ 350 mil. Ao Fluminense, exigiu R$ 300 mil. Acabou assinando com o Tricolor carioca, mas por R$ 250 mil. Para quem não lembra, em 2010 Rafael foi um dos destaques do Goiás... que acabou rebaixado.

Liedson já é mais eficiente que Ronaldo em 2011

É impossível ver Liedson se apresentar – e bem – para o jogo, com a camisa 9 do Corinthians, e não compará-lo a Ronaldo, um ano mais velho do que o reforço mais importante do time (34 a 33) para 2011 e com muito menos mobilidade do que o camisa 9 nesta quarta-feira. E o reestreante mostrou mais eficiência ao anotar dois gols logo de cara, o que R9 não fez esta temporada em quatro exibições.


Levezinho não mentiu ao dizer que estava pronto para o jogo e que não tinha o porquê de não enfrentar o Ituano. Sorte do Timão.
Além de vir do meio da temporada europeia com o Sporting (POR), o preparo físico sempre em dia do atacante contribuiu para que ele não decepcionasse no retorno ao Parque São Jorge.

A vontade era tão grande de reencontrar a torcida (em pouca quantidade no Pacaembu, é verdade), que logo na saída de jogo do Ituano ele deu o primeiro toque na bola ao tentar evitar um passe.

E não foi a única vez que ele atormentou o adversário na jogada que não costuma ser característica de um jogador de frente: a marcação. Enquanto teve fôlego, apertou a saída de bola do Galo e dificultou que os zagueiros a fizesse chegar redonda aos volantes.

Na sua primeira oportunidade de chute ao gol de Éder, foi impossibilitado de finalizar com o pé esquerdo porque Eder Sciola o calçou antes do arremate. Depois de chutar a bola na barreira, Chicão balançou a rede e fez 2 a 0.

Quando a bola sobrou novamente para Liedson, livre na marca do pênalti, ele tentou emendar um voleio, mas furou no lance.
Antes do intervalo, a disposição ainda deixou espaço para a categoria. Observou Jorge Henrique aberto pela direita e fez lançamento preciso no pé do companheiro.

Depois de se queixar do calor no intervalo, Liedson apareceu menos para o jogo na segunda etapa, mas mostrou oportunismo nas chances que teve na linha de frente. Primeiro usou o pé esquerdo (que calçou chuteira laranja no segundo tempo e preta no primeiro) para marcar seu primeiro gol na reestreia. Depois, contou com a sorte e o bom posicionamento ao garantir o 4 a 0 com outro tento.

Daqui para frente, Tite terá a missão de encaixar Liedson no ataque ao lado de Ronaldo. Ou será que o Fenômeno deixou de ser intocável depois desta quarta?