LEALDADE HUMILDADE PROCEDIMENTO

Minha foto
São Paulo, Mooca - SP, Brazil
Rodrigo Freitas - rodrigo_adefreitas@hotmail.com

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Corinthians 0x2 Flamengo




O Flamengo derrotou o Corinthians por 2 a 0, neste domingo, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, e, com a combinação de resultados da rodada, está a uma vitória do hexacampeonato brasileiro. Os gols de Zé Roberto e Léo Moura, somados à derrota do São Paulo por 4 a 2 para o Goiás, no Serra Dourada, colocaram o time rubro-negro na ponta a uma rodada do fim da disputa.
Com a necessidade da vitória, e enfrentando um adversário sem mais pretensões na competição, o Flamengo começou partindo pra cima. Logo aos quatro minutos, Álvaro subiu mais do que todos, após um escanteio cobrado da direita, e acertou a trave de Felipe. Sem Adriano, Andrade manteve o jovem Bruno Mezenga na frente e colocou Zé Roberto para flutuar no ataque.
Aos 25 minutos, o atacante Ronaldo, considerado o principal personagem da partida por conta de sua relação turbulenta com a torcida flamenguista, lesionou a coxa direita e teve que ser substituido. Um minuto depois, Toró fez um lançamento perfeito para Zé Roberto, que invadiu a área e abriu o placar para o Rubro-Negro, deixando a maior torcida do Brasil mais perto da liderança.
No finalzinho do primeiro tempo, a linha defensiva do Fla passou por dois grandes sustos. Primeiro com Defederico, que driblou Bruno e sem goleiro chutou para o gol, que só não aconteceu porque Angelim afastou em cima da linha. Na segunda, Chicão cobrou falta perigosa no angulo e Bruno fez uma bela defesa, garantindo que o Rubro-Negro fosse para o vestiário na liderança do Brasileiro, já que o São Paulo perdia para o Goiás, no Serra Dourada.
A segunda etapa começou como a primeira, com os dois times lutando muito. Talvez por ter conseguido abrir o placar no primeiro tempo, o Flamengo voltou do intervalo um pouco mais recuado, dando espaço para o Corinthians, mas sem ser muito ameaçado. Aos 23 minutos, ao mesmo tempo em que o árbitro expulsava o zagueiro do Corinthians Chicão após falta em Fierro, a torcida rubro-negro comemorava o terceiro gol do Goiás no São Paulo.
O Flamengo conseguiu segurar a bola até o final da partida, sem dar chance para o time paulista conseguir a reação. Aos 44 minutos, Léo Moura sofreu pênalti. Ele mesmo cobrou e marcou o segundo do Fla. Antes da cobrança, um torcedor invadiu o gramado, mas acabou detido. Quando o árbitro Evandro Rogério Roman apitou pela última vez no jogo, os torcedores e jogadores rubro-negros puderam comemorar a liderança do Brasileiro.
Na última rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo recebe o Grêmio, no próximo domingo, no Maracanã, que estará lotado, já que todos os ingressos para a partida já foram vendidos. Caso vença, o time acabará com o jejum de 17 anos sem o título nacional. O Corinthians apenas cumprirá tabela diante do Atlético-MG, no Mineirão.



FICHA TÉCNICA:CORINTHIANS 0 X 2 FLAMENGO

Estádio: Brinco de Ouro da Princesa, Campinas (SP)Data/hora: 29/11/2009 - 17h (de Brasília)Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)Auxiliares: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Altemir Hausmann (Fifa-RS)Cartões amarelos: Moradei, Souza, Chicão e Elias (COR) Álvaro, Willians, Petkovic e Toró (FLA) Cartão vermelho: Chicão, 23'/2º T (COR)
GOLS: Zé Roberto, 26'/1°T (1-0) e Léo Moura, 48'/2°T (2-0)

CORINTHIANS: Felipe, Jucilei, Chicão, Paulo André e Escudero (Dodô, 29'/2ºT); Edu (Moradei, 4'/1ºT), Elias, Boquita e Defederico; Jorge Henrique e Ronaldo (Souza, 25'/1ºT). Técnico: Mano Menezes.

FLAMENGO: Bruno, Léo Moura, Álvaro, Ronaldo Angelim e Juan; Aírton, Toró, Willians e Petkovic (Fierro, 20'/2ºT); Zé Roberto e Bruno Mezenga (Denis Marques, 33'/2ºT). Técnico: Andrade.

Boca perde e pode aproximar Riquelme

No último domingo, o Boca Juniors foi atropelado pelo San Lorenzo por 3 a 0 pela 16ª rodada do Torneio Apertura do Campeonato Argentino.
A derrota sacramentou as chances do time xeneize para disputar a Libertadores da América de 2010. Na nona colocação do Apertura, o clube não tem mais possibilidades de atingir o índice técnico e tão pouco ser campeão.
Assim sendo, a ausência do Boca da competição pode aproximar um pouco mais Riquelme do Parque São Jorge. Apesar da diretoria corintiana enfatizar ultimamente que o meia é um sonho distante, a possibilidade de disputar a Libertadores poderia atrair o camisa 10 ao Corinthians.

CBF muda jogo do Corinthians para o sábado

A CBF antecipou duas partidas da última rodada do Campeonato Brasileiro de domingo para sábado. Os jogos entre Atlético-MG e Corinthians e Avaí e Náutico serão disputados no sábado, às 19h30, em vez de domingo às 17h.
A entidade justifica a mudança com o pedido da TV Globo e alega que o artigo 23 do REC (Regulamento Específico de Competição) permite a modificação pela solitação da TV.
Os locais de disputa das partidas foram mantidos. (Estádio dos Aflitos para Náutico x Avaí e Mineirão para Atlético-MG x Corinthians).
O restante dos jogos continuam no mesmo horário que seriam disputados já que serão decisivos para pretensões das equipes na competição.

Através de SMS, Timão desiste de Bruno Rodrigo


O zagueiro Bruno Rodrigo não está mais nos planos do Corinthians para a temporada de 2010. Segundo o empresário do jogador, Bruno Paiva, o Timão desistiu do negócio através de uma mensagem SMS.
- O Mário Gobbi (diretor de futebol do Corinthians) me procurou no início da semana passada, fez uma oferta e me autorizou a levá-la para a Portuguesa. Porém, no domingo a noite, ele desistiu através de uma mensagem de texto que dizia: "O Corinthians desiste de prosseguir a negociação em relação ao atleta Bruno Rodrigo" - revelou Paiva.
De férias em Andradina, no interior de São Paulo, o zagueiro conversou com o LANCENET! e demontrou bastante vontade de integrar o elenco de Mano Menezes em 2010.
- Qualquer jogador do Brasil e até mesmo de fora do país gostaria de jogar no Corinthians, ainda mais no ano do Centenário do clube, ano de Libertadores... - disse o defensor.
Assim, o futuro de Bruno Rodrigo, que tem contrato com a Lusa até maio de 2011, pode ser o Santos. Por ter emprestado o zagueiro Domingos sem custos para a Lusa, o Peixe ganhou uma carta de prioridade para cubrir qualquer proposta que chegue tanto pelo zagueiro quanto pelo meia Fellype Gabriel.

sábado, 28 de novembro de 2009

Bruno Rodrigo entra na mira do Corinthians

Após sondar os zagueiros Alex Silva, do Hamburgo (ALE), André Luís, ex-Barueri, Durval, do Sport, e Breno, do Bayern de Munique (ALE), chegou a vez de Bruno Rodrigo, da Portuguesa, entrar na mira do Corinthians para 2010.
O defensor tem contrato com a Lusa até 16 de maio de 2011. No entanto, o jogador não vai permanecer na equipe no próximo ano.
Em conversa com o LANCENET! , Luiz Iauca, vice-presidente de futebol da Portuguesa, confirmou o interesse do Corinthians.
– Existe o interesse, está bem encaminhado, mas não temos nada acertado. Certo mesmo é que Bruno não permanece na equipe em 2010. Vamos negociá-lo. Deixei tudo nas mãos do procurador dele. Vamos aguardar – confirmou o dirigente da equipe paulista.
Após um bom começo de ano, a defesa corintiana caiu de rendimento. É o setor que mais preocupa, principalmente pelas seguidas lesões de Chicão e William. Diego, Renato e Paulo André são as outras opções de Mano Menezes.

Vasco, Guarani, Ceará e Atlético Goianiense garantem acesso á série A do Brasileirão em 2010











Campinense é Rebaixado á série C em 2010


Fortaleza é rebaixado á série C em 2010


O dia 21 de novembro ficará marcado na memória dos torcedores do Fortaleza. O Tricolor, que já estava em situação delicada na tabela, foi rebaixado para a Série C neste sábado, ao perder em casa para o São Caetano por 2 a 1 e ver as esperanças de se manter na Segundona irem embora, assim como a pouca torcida presente no Castelão.
Praticamente rebaixado, o Fortaleza se mandou para o ataque logo cedo, deixanado a partida muito aberta. Marcelo Nicácio e Luiz Carlos, mesmo sem muita mobilidade, conseguiam incomodar a zaga paulista. Com os donos da casa todos no ataque, o São Caetano também tinha espaço para atacar e assustava o goleiro Douglas nos contra-ataques. Mesmo com muitas oportunidades e movimentação, o primeiro tempo terminou sem gols. Mas essa história não se repetiria na segunda etapa.
Logo com um minuto do segundo tempo o volante Coutinho, com um chute forte, abriu o placar para o Tricolor. Nesse momento, mesmo com a vitória o Fortaleza estaria rebaixado, devido aos outros resultados da rodada. E se a torcida presente no Castelão estava apoiando o time, essa atitude mudaria de vez daqui para frente. As vaias começaram a ecoar no estádio aos nove minutos, quando Hugo dominou na área, bateu na saída do goleiro e empatou a partida para o Azulão. Cinco minutos depois a situação complicou de vez: Hugo marcou o segundo e fez os torcedores começarem a deixar o Castelão.
Já no fim da partida, houve invasão de alguns torcedores no gramado, que protestavam contra queda do Fortaleza. Mas sem forças para reagir, o Tricolor acabou perdendo e foi rebaixado para a Terceirona em pleno Castelão

ABC é rebaixado para a Série C em 2010


Juventude é rebaixado para a série C m 2010


O técnico Ivo Wortmann não conseguiu livrar o Juventude do rebaixamento para a Série C. A equipe gaúcha perdeu por 2 a 1 para o Guarani, neste sábado, no Brinco de Ouro. O comandante lembrou que poderia ter abandonado o barco antes, mas não o fez.
- Não sou de me omitir. Voltei, tive chance de sair durante o campeonato e não saí. Cheguei com a equipe tendo 26% de aproveitamento e não aumentei o suficiente para permanecermos na Série B - disse, abatido, após a partida.
Sobre culpados pelo rebaixamento, Wortmann preferiu dividir a culpa entre todos os envolvidos.
- Não adianta caçar bruxas agora. Cada um tem sua parcela e nos resta torcer pelo sucesso do Juventude em 2009.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Andrés Sanches: 'É um grupo meio fortinho, né?'

O Corinthians esteve representado pelo presidente Andrés Sanchez, que não gostou de ver sua equipe como integrante do Grupo 1, que ainda terá Cerro Porteño (PAR), Colômbia 2 e o vencedor do confronto entre Racing (URU) e Colômbia 3.
- Ficou meio fortinho, né? Mas fazer o quê? Quem quer ser campeão não tem que escolher adversários. O importante é que não precisaremos ir ao México nem ao Equador, pela altitude, pelas viagens longas - afirmou o mandatário corintiano.
- O Grupo 1 não tem baba, não! É bom que se adapta rápido, o que temos de fazer é uma boa pré-temporada para iniciarmos bem - completou.
Andrés Sanchez foi bastante questionado pelos jornalistas sul-americanos à respeito das presenças de Ronaldo e Roberto Carlos que, praticamente, foi confirmado por ele como reforço do Timão em 2010.

Paraguaios temem o Corinthians na Libertadores


A Conmebol realizou nesta sexta-feira o sorteio dos grupos e da fase preliminar da Copa Libertadores de 2010. Cabeça de chave do Grupo 1, o Corinthians tem apenas um adversário definido: o Cerro Porteño (PAR), além de um representante da Colômbia, ainda não definido. Um outro clube colombiano ainda pode entrar na chave, caso vença a série contra o Racing (URU).
Horas depois do sorteio, a imprensa paraguaia já alertava a dificuldade do Cerro Porteño (PAR) no confronto diante do Corinthians. O La Nacion, maior jornal do país, divulgou a seguinte manchete: "Cerro Porteño vai enfrentar o Poderoso Corinthians". Na reportagem, destaque para Ronaldo, chamado de "Fenômeno".
O Ultima Hora também destacou a partida contra o Corinthians: "Cerro vai enfrentar o pretensioso Corinthians de Ronaldo". Na publicação, os paraguaios chamam o Grupo 1 de "O Grupo da Morte". Além do camisa 9, o jornal lembra a presença do lateral paraguaio Balbuena, ex-Libertad (PAR).
- Esperava um grupo mais fácil - disse Luis Pettengil, presidente do Cerro Porteño, ao Ultima Hora.
No Uruguai, o Diario Deportivo Ovación acredita que o Racing (URU), que fará sua estreia na competição em 2010, terá um caminho complicado caso se classifique para a fase de Grupos. Com a manchete "Nacional com um grupo mais acessível, Racing tem um mais complicado", a reportagem alerta para o confronto contra o Timão.

Verón diz que clubes paulistas o sondaram em 2008

O meia Juan Sebastián Verón afirmou nesta sexta-feira que foi procurado no final de 2008 por representantes de Corinthians e Santos para atuar no Brasil. O argentino afirmou que se sentiu lisonjeado pelo interesse e elogiou a qualidade do futebol brasileiro.
- No final do ano passado, Corinthians e Santos fizeram alguns contatos com as pessoas que trabalham comigo. Foi uma coisa que eu não esperava. Se há a possibilidade de ir ao Brasil, o jogador argentino tem que pensar porque é um campeonato bastante competitivo - comentou.
Verón está na cidade de Luque, Paraguai, para o sorteio dos grupos da edição 2010 da Libertadores da América. Campeão da atual edição com o Estudiantes (ARG) e eleito o craque da competição, 'la Brujita' (a Bruxinha, em português) - como é conhecido em seu país - também comemorou o fato de jogadores como Ronaldo e Adriano poderem disputar o torneio no ano que vem. O Corinthians já está garantido por ser o atual campeão da Copa do Brasil, enquanto o Flamengo do Imperador está muito próximo de assegurar uma vaga.
- Quanto mais jogadores importantes há, mais se levanta o nível da competição. Me alegra que Ronaldo e Adriano possam ter a chance de disputar a Libertadores - para depois emendar, com bom humor.
- De certa maneira, eu sofro mais do que desfruto (risos). Compartilhar gramados com essa classe de jogadores é impossível de não ser desfrutado, mas numa competição, claro que queremos ganhar

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Conmebol comemora Ronaldo na Libertadores

A presença do atacante Ronaldo na próxima Libertadores de América é motivo de comemoração dos presidentes da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) e do Banco Santander, patrocinador oficial da competição.
Para o mandatário da Conmebol, Nicolás Leoz, o camisa 9 do Corinthians será uma grande atração, principalmente, para os torcedores que acompanharão aos jogos pela TV.
- A presença de um jogador como Ronaldo dá prestígio para qualquer competição. Sua participação será muito importante para a competição. É um jogador que tem um apelo muito grande perante aos torcedores, principalmente, para aqueles que irão acompanhá-lo pela televisão - afirmou Leoz.
O presidente do Banco Santander, patrocinador oficial da Libertadores, manteve as palavras do mandatário da Conmebol.
- Ronaldo é um grande futebolista, as palavras de Leóz são as minhas - completou Emílio Botín.

Clássico paulista pelo zagueiro Breno

O zagueiro Breno, ex-São Paulo, e atualmente no Bayern de Munique (ALE), é mais um alvo do Corinthians para o ano do centenário.
O jogador, insatisfeito na reserva do clube alemão, já anunciou aos seus representantes que pretende voltar para o Brasil em 2010. O problema é que o Bayern, com o qual tem contrato até 30 de junho de 2012, não pretende liberá-lo. Sua ideia era sair por empréstimo de um ano.
O Corinthians, que iniciou uma busca incessante por um zagueiro, demonstrou interesse. Alex Silva, do Hamburgo (ALE), e Durval, do Sport, também foram procurados.
Ao saber que Breno pretende voltar, o auxiliar técnico do São Paulo, Milton Cruz, ligou para o jogador. E espera que ele escolha o Morumbi.

Dois clubes mexicanos entrarão nas oitavas-de-final

A tendência é que a edição de 2010 da Libertadores seja ainda mais difícil. Tudo porque o Chivas e o San Luis, ambos mexicanos, entrarão na disputa nas oitavas-de-final. Essa foi a maneira que a Conmebol encontrou para compensar a eliminação dos dois clubes na edição deste ano por causa da pandemia de gripe suína, cujo foco principal foi no México.
Com a medida, classificarão para a fase de mata-mata os oito melhores colocados dos grupos e apenas os seis melhores segundos colocados de cada chave – os dois piores serão eliminados. Chivas e San Luis, respectivamente, ocuparão as posições 13 e 14 entre os 18 classificados.
Com a mudança, a Libertadores-10 contará excepcionalmente com 40 times. A primeira fase terá início no dia 27 de janeiro e será encerrada no dia 3 de fevereiro, sendo interrompida em junho, para a disputa da Copa do Mundo, e reiniciada em julho, com as semifinais e finais. A decisão será no dia 18 de agosto.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Tcheco e Iarley: detalhes para anúncio do Timão

A contratação de Tcheco, acertada para 2010, pode ser confirmada nos próximos dias. Isso porque o meia, que anunciou que deixará o Grêmio no fim deste ano, afirmou à Rádio Atlântida que deve ficar fora das duas últimas rodadas. Na cabeça do jogador, o Grêmio, apesar do carinho pela passagem de três anos e meio, já faz parte do passado.
Nos últimos dez dias, o meia recebeu uma proposta de um clube do Qatar, mas a preferência foi o acerto com o Timão. Tempo de contrato, salário, luvas e premiação por títulos ainda têm de ser discutidos.
– Tenho a proposta em mãos, mas o Tcheco quer ficar no Brasil. Aqui, só estou negociando com o Corinthians. Ele adora o Mano Menezes e se animou com a disputa da Libertadores. Faltam apenas detalhes do contrato, já que Tcheco não é um jogador qualquer – afirmou Paulo Affonso ao LANCENET! , empresário do jogador.
Outro reforço certo é o atacante Iarley. Nesta terça-feira, o diretor de futebol do Goiás, Marcos Figueiredo, admitiu que Iarley não deve renovar seu contrato. Sondagens de clubes do Oriente Médio também não interessaram o jogador.
– O negócio é com o Corinthians. O acordo já está feito, e detalhes do contrato não serão problema. Só falta sentar e assinar mesmo. Vamos acertar até o fim do Brasileirão, quando esperamos anunciar este acerto – disse seu empresário, Clóvis Dias.
Iarley já acertou salário e luvas com o clube. Sua intenção é assinar um contrato por dois anos.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Escudero: média de um cartão por jogo mantida


No último sábado, na partida diante do Náutico, o lateral corintiano Escudero manteve a média que tinha no Corinthians: um cartão amarelo por jogo.
Ao longo de sete meses, enquanto esteve fora do time devido ao rompimento do ligamento do joelho, Escudero carregou a incômoda estatística. Nos seis jogos que disputou até sua lesão, todos no Campeonato Paulista, o argentino recebeu um cartão amarelo em cada partida, o que lhe rendeu duas suspensões automáticas.
No último sábado, Escudero teve a oportunidade de quebrar essa marca. Entretanto, aos 46 minutos do segundo tempo, o camisa 2 do Corinthians encontrou tempo para receber seu cartão amarelo da partida e, de quebra, Alício Pena Jr. marcou pênalti para o Náutico.
- Foi fora da área. Fui falar para ele que foi fora. Tem de sancionar este juiz - disse Escudero, indignado.

Dirigente do Goiás já vê Iarley no Corinthians

Assim como acontece com o meia Tcheco, Iarley já tem valores de salário e luva acertados com o Corinthians. Mas também não há qualquer confirmação por parte do clube ou jogador. A intenção do silêncio é respeitar as últimas rodadas do Brasileiro.
É bem provável que as duas contratações sejam anunciadas pelo Timão, de forma oficial, em 7 de dezembro, dia seguinte ao término do Nacional.
Apesar disso, dirigentes de suas atuais equipes confirmaram seus futuros. Gremistas já afirmaram que Theco será corintiano em 2010. Agora, foi a vez do vice do Goiás, Edmo Pinheiro.
– O Iarley dificilmente vai ficar. Por nós, ele ficaria por mais dois anos. Tem vários clubes no Brasil que demonstraram interesse. Mas, pelo que a gente está sentindo, seu destino será o Corinthians – afirmou Pinheiro, à Rádio Gaúcha.

domingo, 22 de novembro de 2009

Roberto Carlos consegue liberação do Fenerbahçe (TUR)

O último obstáculo que separava Roberto Carlos do Corinthians foi derrubado. Neste domingo, após uma reunião com dirigentes do Fenerbahçe (TUR), ficou definida a saída do lateral-esquerdo após a partida contra o Trabzonspor, dia 20 de dezembro – confronto que antecederá as festividades de fim de ano e férias.
– A relação é de harmonia total. Eles entenderam o projeto de vida do Roberto, que é dar continuidade a sua carreira no Brasil – afirmou Fabiano Farah, empresário do jogador, em entrevista ao LANCENET! .
Para conseguir a rescisão do seu contrato, que terminaria apenas em julho do próximo ano, o pentacampeão usou dois argumentos: a gravidez da esposa Mariana Luccon e a chance inexistente de enfrentamento com o clube turco.
– Roberto tem o desejo de o filho nascer no Brasil, quer cria sua família em seu país. Além disso, mostrou a eles que seu futuro é no Brasil, que jamais teria qualquer enfrentamento com o Fenerbahçe até o fim da carreira – explicou Farah.
O nome do seu futuro clube continua sendo preservado pelo jogador. Apesar do interesse do Santos, não há mais ninguém que duvide da sua transferência para o Parque São Jorge em 2010. Até mesmo Luxemburgo, em recente entrevista, garantiu que R6 vai jogar no Corinthians.
– O futuro dele está encaminhado, mas não podemos falar mais do que isso – desconversou o agente.
Até mesmo Roberto Carlos, em diversas entrevistas confirmou que vestirá a camisa do Corinthians em 2010. Seu contrato, inclusive, prevê uma divisão de 50% dos seus patrocinadores pessoais com o clube, como acontecia no Real Madrid (ESP).
No último sábado, o lateral-esquerdo completou 100 jogos com a camisa amarela e azul do clube turco. A derrota para o Besiktas, clássico local, por 3 a 1, marcou uma espécie de despedida extra-oficial, já que sua saída foi acertada dia seguinte.

ARGUMENTOS USADOS POR R6 PELA RESCISÃO:
Mariana Luccon
O lateral mostrou aos dirigentes turcos que tem o desejo de criar sua família no Brasil. A fisioterapeuta Mariana Luccon, que casou com Roberto em junho deste ano, está grávida. O casal se conheceu em 2002, durante um rodeio, mas só ficaram juntos em 2007, quando se encontraram no Grande Prêmio de Fórmula 1 da Turquia. O filho com Mariana será o oitavo de Roberto Carlos, que já é pai de Roberto Carlos Jr. (9), Roberta (15) e Giovana (13), Luca (2), Christopher (3), Rebeca (6) e Carlos Eduardo (8).
Fenerbahçe Esporte Clube
Além da presença da família no Brasil, Roberto Carlos afirmou aos dirigentes do Fenerbahçe que, ao retornar ao seu país, jamais iria enfrentar seu atual clube, seja no campeonato local ou na Liga dos Campeões da Europa. Com tal medida, o brasileiro provou ainda que sua passagem pela Europa, incluindo a Turquia, estava encerrada. Ou seja, conseguiu mostrar aos dirigentes do seu clube que jamais vestiria as camisas dos maiores rivais Galatasaray e Besiktas. Na Turquia, a rivalidade beira o ódio.

sábado, 21 de novembro de 2009

Corinthians 2x3 Náutico


Com um a menos desde os 16 minutos do segundo tempo, o Náutico conseguiu uma virada incrível sobre o Corinthians por 3 a 2, neste sábado, no Pacaembu, e ainda tem chances de escapar do rebaixamento. O Timbu saiu na frente, permitiu que o adversário marcasse duas, mas mesmo assim teve forças para reagir e marcou o gol da vitória aos 47 minutos do segundo tempo em cobrança de pênalti mal marcado pelo árbitro - a falta foi fora da área.
O Náutico tem agora 38 pontos, três a menos que o Botafogo, primeiro clube fora da zona da degola. Neste domingo, o torcedor do Timbu terá que secar o Fogão contra o São Paulo, no Engenhão, e o Fluminense, que visitará o Sport em Recife. Já o Corinthians permanece com 49 pontos, na décima colocação.
Com dez desfalques, Mano Menezes escalou um Corinthians bem diferente daquele que disputou as partidas anteriores. O atacante Marcelinho, na lateral direita, e Escudero, de volta após longo tempo lesionado, na esquerda, foram as principais novidades do Timão, além do goleiro Rafael Santos.
Mesmo assim, o Corinthians dominou praticamente todo o primeiro tempo, no entanto sem conseguir transformar a posse de bola em chances de gol. Quem mais precisava do resultado era o Náutico, que se defendeu durante boa parte da primeira etapa. Só aos 38 minutos o Timbu chegou ao gol corintiano, e foi fatal. Bruno Mineiro marcou de cabeça, após cruzamento de Patrick.
O Corinthians voltou ligado para o segundo tempo e empatou o jogo logo aos 4 minutos. Jorge Henrique cruzou na cabeça de Ronaldo, que não perdoou e chegou a 23 tentos no ano. No minuto seguinte, o Fenômeno só não virou o jogo porque a bola bateu na trave após chute cruzado de esquerda.
O Timão era bem melhor em campo e a situação do Náutico se complicou ainda mais aos 16 minutos. Bruno Mineiro escorregou e atropelou Elias. O árbitro foi rigoroso e expulsou o jogador pernambucano.
Com dez em campo, o Timbu não conseguiu impedir a virada do Corinthians. Em jogada ensaiada, Elias recebeu de Ronaldo e, de fora da área, bateu forte para marcar, aos 25 minutos.
Quando tudo parecia se encaminhar para uma vitória corintiana, o Náutico tirou forças para uma virada histórica. Carlinhos Bala diminuiu aos 39 minutos em lance de oportunismo. O empate não bastava para o Timbu, e a equipe conseguiu a virada nos minutos finais.
Aos 45, Escudero derrubou Aílton fora da área, mas o juiz deu pênalti. Com paradinha, Aílton marcou o gol da vitória e da sobrevida do Náutico na competição.
As duas equipes voltarão a campo no dia 29, pela penúltima rodada do Brasileirão. Em Campinas, o Corinthians irá enfrentar o Flamengo, que briga pelo título nacional. Já o Náutico jogará contra o Santo André, outro time envolvido na disputa para fugir do descenso, no ABC Paulista.
FICHA TÉCNICA:CORINTHIANS 2 X 3 NÁUTICO
Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)Data/hora: 21/11/2009 - 19h30 (de Brasília)Árbitro: Alício Pena Júnior (MG)Auxiliares: Celso Luiz da Silva (MG) e Marcus Vinícius Gomes (MG)Renda/público: R$ 472.438,00 / 14.124 pagantesCartões amarelos: Ronaldo, Diego e Escudero (COR); Juliano e Aílton (NAU)Cartão vermelho: Bruno Mineiro, 16'/2ºT (NAU)GOLS: Bruno Mineiro, 38'/1ºT (0-1); Ronaldo, 4'/1ºT (1-1); Elias, 25'/2ºT (2-1); Carlinhos Bala, 39'/2ºT (2-2) e Aílton, 47'/2ºT (2-3)
CORINTHIANS: Rafael Santos, Marcelinho (Dodô, 32'/2ºT), Paulo André, Diego e Escudero; Edu (Souza, Intervalo), Elias, Boquita e Edno (Jadson, 21'/2ºT); Jorge Henrique e Ronaldo. Técnico: Mano Menezes.
NÁUTICO: Glédson; Patrick, Asprilla (Michel, 15'/2ºT), Márcio e Anderson Santana (Anderson Lessa, 28'/2ºT); Nilson, Rudnei, Ailton e Juliano (Vagner, 8'/2ºT); Carlinhos Bala e Bruno Mineiro. Técnico: Geninho

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Botafogo-SP desiste de contratar Vieri


Aquela que poderia ter sido a maior contrataçao do Botafogo nos últimos anos, não passou de um sonho. Nesta sexta-feria, o Botafogo divulgou nota comunicando oficialmente a desistência da contratação do jogador Christian Vieri. O italiano não cumpriu o prazo dado para a realização de exames médicos, não se apresentou ao clube e não deu satisfação.
O presidente do Botafogo, Luiz Antônio Pereira, lamentou o fato, mas disse que o Botafogo não poderia esperar mais.
- Infelizmente não deu certo. O Botafogo fez todos os esforços possíveis para que ele viesse. Conseguimos viabilizar sua vinda financeiramente sem custo algum para o clube, mas ele não se apresentou e não deu satisfação - declarou.
Vieri foi anunciado como reforço do clube no dia 28 de outubro. Sem clube desde que deixou o Atalanta-ITA, o atacante chegou a afirmar que não jogaria mais futebol, o que foi prontamente desmentido por seu agente
De lá para cá, o empresário que cuidava da negociação, Frank Assunção, garantiu que o jogador se apresentaria em Ribeirão Preto após um período de treinamentos no Rio de Janeiro. No último domingo o jogador desembarcou em solo carioca e tanto ele como o empresário não mantiveram mais contatos com os dirigentes do Botafogo e não atenderam as ligações.
Na noite da última quinta-feira, o presidente do Botafogo deu prazo até o dia 30 para que Vieri se apresentasse. Porém nesta sext-feira desistiu oficialmente de ter o italiano.BoavistaRumores dão conta de um possível acerto de Vieri com o Boavista, do Rio de Janeiro. O agente do atleta foi procurado para comentar o caso mas não foi localizado

Pai de Tcheco sinaliza acordo com o Corinthians


Após anunciar oficialmente seu desligamento do Grêmio ao fim do Campeonato Brasileiro, o meia Tcheco deve, em breve, informar qual o clube irá defender na próxima temporada. Ao que tudo indica, esta equipe é o Corinthians, com quem o jogador está apalavrado desde outubro.
Em entrevista à Rádio Transamérica, José Antônio Luciano, pai e representante do atleta, deu pistas sobre o futuro do seu filho.
- Já está certo, mas não podemos falar o nome da nova equipe. Se ele apalavrou com o Corinthians, com certeza, ele vai para o Corinthians. O Tcheco é um homem de palavra - afirmou.
Para José Antônio, o fato de Tcheco ter trabalho com o técnico Mano Menezes em 2007, no Grêmio, facilita sua provável transferência para o clube do Parque São Jorge.
- O Corinthians é diferenciado, vai estar no centenário, um convite para jogar como esse a gente fica muito feliz. O Corinthians leva uma vantagem porque a comissão técnica o conhece bem - finalizou.

Roberto Carlos: Timão lucrará com patrocínios

O contrato de Roberto Carlos com o Corinthians, que será assinado assim que ele chegar ao Brasil, será idêntico aos acordos do Real Madrid (ESP) com seus jogadores. O lateral-esquerdo terá de ceder ao Timão 50% dos valores dos seus patrocínios individuais.
A medida visa diminuir os gastos que o clube terá com a presença do jogador, de 36 anos, um dos mais bem pagos do futebol mundial. No Parque São Jorge, as cifras de Roberto Carlos vão girar em torno de R$ 300 mil mensais, entre salário, luvas e impostos – se o meia argentino Riquelme não vier, será o segundo mais bem pago do elenco alvinegro, perdendo para Ronaldo.
– Eu não posso falar sobre isso. Quem pode dar maiores detalhes é o nosso diretor de futebol, Mário Gobbi – disse o gerente de marketing Caio Campos, ao LANCENET!.
A confecção de contratos com essas características é comum na Europa. O Real Madrid é o exemplo mais bem sucedido. Astros do futebol vestiram e ainda vestem a camisa branca tendo como obrigação a transferência de 50% dos valores dos seus contratos publicitários. Ronaldo, Zidane, Luxemburgo, Beckham e o próprio Roberto Carlos tiveram de ceder grandes cifras.
O último caso foi de Cristiano Ronaldo, que custou aos cofres do clube espanhol cerca de 94 milhões de euros (hoje, pouco mais de R$ 240 milhões). Parte do dinheiro que foi pago ao Manchester United (ING) saiu do próprio atacante português, que teve de ceder metade dos seus direitos de imagem – em 2008, o craque ganhou 15 milhões de euros em publicidade, com acordos firmados com Nike, Clear, Banco Espírito Santo e Castrol.
Com este acordo, Roberto Carlos não terá direito sobre percentual algum dos valores pagos pelos patrocinadores do Corinthians em 2010, ano do centenário. Apenas Ronaldo receberá 80% dos valores obtidos com a exposição das marcas no calção e na manga da camisa, como ocorreu neste ano.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Roberto Carlos: 'Está chegando mais um louco para esse bando'


O contrato ainda não foi assinado, mas já está tudo certo. Roberto Carlos vai reforçar o Corinthians no ano do centenário. Apesar de ainda não ter assinado sua rescisão com o Fenerbahçe (TUR), o lateral-esquerdo já fala como jogador do Timão.
Nesta sexta-feira, ele vai se reunir com a diretoria do clube turco para deixar a quebra de contrato pronta. O encontro seria apenas no domingo, mas foi antecipado a pedido do atleta. Seu acordo com o Fenerbahçe terminaria em junho de 2010.
Roberto Carlos ficará na Turquia até o fim do primeiro turno do Nacional e chegará ao Brasil em 21 de dezembro

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Corinthians x Flamengo será no Estádio Brinco de ouro da Princesa em Campinas

O jogo entre Corinthians e Flamengo, no próximo dia 29 deste mês, que iria ser realizado no Pacaembu, na capital paulista, foi transferido para o estádio Brinco de Ouro, em Campinas. A mudança de local ocorreu por causa de uma medida da PM de São Paulo que, por motivos de segurança, não aconselha ter duas partidas de times grandes paulista na mesma cidade. Palmeiras e Atlético-MG vão jogar no Palestra Itália.
Por causa da transferência de cidade, é bem provável que a delegação do Flamengo viaje para Itu após o jogo contra o Goiás, neste domingo e ficará no interior paulista até dia antes do jogo contra o Grêmio, na última rodada do Brasileiro. - Não está confirmado a ida para Itu. Foi um pensamento da comissão técnica e da diretoria, mas temos ainda que conversar com os jogadores. A intenção não é afastar da torcida, é treinar fortemente e focar somente nos jogos - disse Andrade

Leandro Domingues: acerto verbal com o Corinthians

O sonho corintiano para o centenário é o meia Riquelme, do Boca Juniors (ARG). No entanto, o clube tem como alternativa uma contratação bem mais modesta para a posição.
Além de Tcheco, que vai se reunir com a diretoria do Grêmio nesta quinta-feira para ouvir proposta de renovação, Leandro Domingues, do Vitória, também está nos planos do Timão.
Emprestado pelo Cruzeiro, com quem tem contrato vigente até o fim desta temporada, o meia foi procurado pela diretoria do Corinthians.
– Nós tivemos algumas conversas, mas ainda não tem nada definido. Teve proposta. Na conversa falamos sobre números e tudo mais. Está praticamente tudo certo com o Corinthians. Mas agora tem que ver com o Cruzeiro. Vamos ver de que maneira acertamos – afirma Antônio Gustavo Amorim, o Guga, empresário do jogador.
Apesar de o contrato com a Raposa acabar em dezembro, assim como seu empréstimo para o clube baiano, já existe um acerto (válido por dois anos), chamado contrato de gaveta, que passa a vigorar automaticamente depois do encerramento do vínculo atual (anterior).
Em entrevista ao LANCE!, o jogador afirmou que pretende vestir a camisa do Corinthians em 2010. Seu agente também torce para que ele vá para o Parque São Jorge.
– Estamos para marcar uma reunião com o Cruzeiro para definirmos a situação dele. Eu acho difícil ele ficar por lá. Se ele puder ir para o Corinthians, será uma maravilha – afirma o Amorim.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Primeira fase da Libertadores já tem 57 mil ingressos vendidos

O torcedor corintiano já começa a se movimentar para o ano do centenário do clube, ano em que o time pode conquistar o sonho da torcida. Antes mesmo de iniciar 2010, quando disputará a Libertadores da América, a torcida corintiana já comprou mais da metade dos ingressos para as partidas da primeira fase da competição sul-americana.
Na última sexta-feira, o clube divulgou que, através do Fiel Torcedor, o programa de sócios-torcedores, 57 mil bilhetes já haviam sido vendidos. Essa foi a última parcial divulgada pelo clube. A diretoria corintiana aposta nesse sistema para impulsionar as vendas de ingressos na próxima temporada.
- O torcedor que não for filiado ao Programa Fiel Torcedor terá grande dificuldade em acompanhar os jogos no ano do centenário - garantiu Andrés Sanchez, presidente do clube.
Até o momento, a venda de ingressos para a Libertadores ocorre apenas através do Fiel Torcedor, sem previsão para venda nas bilheterias.

Roberto Carlos: 'Libertadores é obrigação'

Próximo de ser anunciado como reforço do Corinthians para a próxima temporada, o lateral-esquerdo Roberto Carlos já sabe qual é a principal meta para 2010: a conquista da Copa Libertadores, no ano do centenário do clube.
- Não é um desafio, é uma obrigação dos jogadores que vestirem a camisa do Corinthians no ano que vem. Com certeza, é um título que todo jogador quer ter - disse o jogador, em entrevista à Rádio Globo.
A contratação ainda não foi anunciada porque Roberto Carlos não acertou sua rescisão com o Fenerbahçe (TUR). O lateral vai se reunir com o presidente do clube turco, Aziz Yildirim, nesta quarta-feira para definir a situação. Com vínculo até junho de 2010, ele vai ser liberado no fim do ano. Seu retorno ao Brasil está marcado para 21 de dezembro.
O zagueiro Durval, do Sport, também segue negociando para reforçar o Timão na próxima temporada. O empresário do jogador, Luís Gustavo, teria uma conversa com o diretor de futebol do Alvinegro, Mário Gobbi Filho, nesta segunda-feira para tentar definir a situação. Aos 29 anos, o jogador traria experiência para a Libertadores

Timão pode usar Libertadores para seduzir Riquelme

O empate de domingo com o Arsenal de Sarandí deixou o Boca Juniors com chances praticamente nulas de ir à Copa Libertadores do ano que vem. A notícia é boa para o Corinthians, que aposta em sua presença no torneio continental para convencer Riquelme a trocar La Bombonera pelo Parque São Jorge.
A situação do Boca é complicada no Torneio Apertura argentino. A cinco rodadas para o término da competição, o clube ocupa apenas a décima posição, com 20 pontos - 12 a menos do que os líderes Banfield e Newell's Old Boys.
Os clubes argentinos possuem cinco vagas na Libertadores. Duas vão para os campeões dos Torneios Clausura e Apertura deste ano. As demais ficam os três melhores clubes da temporada, somando os pontos das duas competições.
Já que está quase fora da briga pelo título, o Boca teria de disputar uma das outras três vagas. No entanto, a classificação é quase impossível: o clube está 13 pontos atrás do Banfield, último entre os classificados.
Garantido na Libertadores, o Corinthians pode usar o torneio continental como trunfo na negociação com Riquelme. O apoiador tem gosto pela competição, afinal, já levantou seu caneco em três oportunidades (2000, 2001 e 2007), todas pelo Boca.

domingo, 15 de novembro de 2009

Avaí 3x1 Corinthians

Timão joga mal e perde para Avaí em Floripa
Corinthians sofre a sétima derrota fora de casa; Catarinenses ainda sonham com a Libertadores


Sem mais objetivos no campeonato, o Corinthians perdeu pela primeira vez em sua história para o Avaí por 3 a 1, na tarde deste domingo, em Florianópolis. Mesmo com Ronaldo em campo, quem brilhou foi o atacante William que marcou dois gols e manteve viva a esperança do time catarinense de se classificar para a Libertadores. O Timão permanece na nona posição.
Ainda sonhando com uma vaga no G4, agora com 53 pontos, o Avaí começou a partida pressionando. Com um forte poder de marcação pelo meio-de-campo e apostando nas jogadas pelo lado esquerdo, onde estava o improvisado zagueiro Diego, o time catarinense construiu suas principais jogadas. Logo aos 5 minutos, Eltinho tentou um cruzamento mas Chicão conseguiu afastar o perigo.
Dois jogadores do time catarinense começaram a se destacar em campo. O primeiro foi o meia Caio, ora aberto pela direita e ora pela esquerda, que infernizou o sistema defensivo corintiano. O segundo foi o atacante William, em tarde inspirada, ameaçar a zaga com sua presença na área..
Aos 10 minutos, em contra-ataque rápido pela esquerda, Caio fez o cruzamento enquanto Balbuena e o camisa 9 do Avaí se enroscavam na área. Lance polêmico e o árbitro cearense Francisco de Assis Almeida Filho marcou pênalti para o Avaí. William bateu com categoria e abriu o placar.
Porém, a comemoração durou apenas dois minutos. Na primeira chegada do Corinthians ao ataque veio o empate. Defederico cobrou escanteio pelo lado direito, o meia Marquinhos tentou afastar de cabeça, mas acabou marcando gol contra.
O empate não desanimou o Avaí que continuou apostando nas jogadas com Caio e William. E a dupla deu resultado: aos 28 minutos, Caio roubou bola pelo meio-de-campo, tocou para William, em posição legal, que bateu na saída do goleiro Felipe.
E nos acréscimos do primeiro tempo, mais um motivo de comemoração para os torcedores catarinenses. Em jogada isolada pelo meio-de-campo, Balbuena entrou forte em Emerson e recebeu cartão vermelho.
As equipes voltaram para a segunda etapa sem alterações. Os donos da casa continuaram pressionando o rival, mas sem muita pontaria. Ronaldo, sumido durante a etapa inicial, apenas foi notado por suas cobramças de falta.
Mano Menezes tentou mudar a equipe substituindo Diego pelo jovem lateral Dodô. Dois minutos depois, foi obrigado a mais uma alteração: Dentinho sentiu o tornozelo direito e saiu para a entrada de Bill. As alterações não surtiram efeito. O Corinthians continuou sem manter a posse de bola.
A pressão catarinense aumentou. Aos 18 minutos, Léo Gago dominou bola dentro da área, chutou cruzado e obrigou Felipe a uma grande defesa. No minuto seguinte, Luis Ricardo girou dentro da área, bateu e Felipe novamente salvou o time.
Mas aos 24 minutos não teve como o goleiro evitar o terceiro gol. Léo Gago apareceu livre pelo carente lado esquerdo corintiano, bateu cruzado sem chances para Felipe. Festa nas arquibancadas da Ressacada com os 3 a 1 no placar.
O Corinthians contiua a cumprir tabela no Brasileirão no próximo sábado, quando o time enfrentará o Náutico, no Pacaembu. No domingo, o Avaí jogará contra Santo André, no ABC paulista.


FICHA TÉCNICA:AVAÍ 3 X 1 CORINTHIANS

Estádio: Ressacada, Florianópolis (SC)Data/hora: 15/11/2009 - 17h (de Brasília)Público/renda: não disponíveisÁrbitro: Francisco de Assis Filho (CE)Auxiliares: Manuel Marcio Torres (CE) e Thiago Gomes Brigido (CE)Cartões vermelhos: Balbuena 46'/1ºTCartões amarelos: Emerson e William (AVA) e Defederico, Elias e Paulo André (COR)
Gols: William 12'/1ºT (1-0); Marquinhos (contra) 15'/1ºT (1-1), William 28'/1ºT (2-1) e Léo Gago 24'/2ºT (3-1)

AVAÍ: Eduardo Martini, Emerson, Rafael e Augusto; Luis Ricardo, Ferdinando, Leo Gago, Marquinhos e Eltinho (Wendell 44'/2T); Caio (Muriqui 33'/2ºT) e William (Cristian 38'/2ºT). Técnico: Silas.

CORINTHIANS: Felipe; Balbuena, Chicão, Paulo André e Diego (Dodô 14'/2ºT); Elias, Edu e Defederico (Edno 35'/2ºT); Boquita, Dentinho (Bill 16'/2ºT) e Ronaldo. Técnico: Mano Menezes.

Perto do Botinha, Vieri desembarca no Rio de Janeiro


Prestes a assinar com o Botafogo de Ribeirão Preto, o atacante Vieri desembarcou na manhã deste domingo no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. O italiano permanecerá na cidade durante alguns dias, enquanto define seu futuro.
Segundo informações da assessoria de imprensa do Botinha, Vieri realizará trabalhos físicos com seu fisioterapeuta no Rio. A expectativa é que o atacante viaje para Ribeirão Preto na semana que vem, quando deve fechar o acordo.
O presidente do clube paulista, Luiz Pereira, demonstrou confiança no acerto. De acordo com o dirigente, o representante de Vieri no Brasil, Franck Assunção, garantiu a chegada do jogador italiano:
- Acertamos tudo com o Franck e ele também nunca negou que o atleta virá para Ribeirão Preto. Então, seguimos no aguardo dele aqui em Ribeirão.
Além do Botinha, o Boavista, de Bacaxá (RJ), também manifestou interesse em contar com Vieri

10 motivos para acreditar no Flu

1 - Dez jogos invicto
Juntando os jogos do Brasileiro e da Sul-Americana, o Flu não perde há dez jogos. Última derrota foi no clássico contra o Flamengo.

2 - Cinco vitórias
O Fluminense venceu seus últimos cinco compromissos. Duas partidas foram realizadas em casa e três fora.

3 - Boa fase de Fred
Retorno em grande estilo do jogador tem ajudado ao Fluminense. Atacante já marcou nove gols em nove jogos pelo Tricolor.

4 - Retrospecto atrás
Com Gum, Dalton e Digão, o Fluminense tem mostrado serviço na defesa. O time não leva gols há três partidas.

5 - Tropeço do rival
Botafogo jogará fora de casa e a distância entre os clubes poderá diminuir para apenas dois pontos na classificação do Brasileiro.

6 - Vale seis pontos
Com 43 pontos, Atlético Paranaense ainda está ameaçado de cair para a Segunda Divisão no ano que vem.

7 - Promoção e festa
Diretoria do Flu reduziu o preço dos ingressos e a torcida promete nova festa. Mais de 35 mil ingressos já foram vendidos.

8 - Dupla invicta
Diogo e Diguinho, que juntos no time titular ainda não perderam, provavelmente estarão em campo novamente.

9 - Recepção
O jogo será o primeiro após a vitória sobre o Cerro Porteño, fora de casa, pela semifinal da Sul-Americana.

10 - Penúltimo jogo
Pelo Brasileiro, o Fluminense entrará em campo pela penúltima vez no Rio. A última partida em casa será contra o Vitória, no dia 29

Sport vai do céu ao inferno e é o 1º rebaixado á série B em 2010



O empate com o Palmeiras em 2 a 2 na noite desta quarta selou o destino do Sport na temporada. Com 31 pontos conquistados no Brasileiro, o Leão não tem mais chances de ficar na Série A em 2010.
A imprensa de Pernambuco repercutiu o fato. A 'Folha de Pernambuco' destacou a trajetória do Sport no ano, que começou bem a Libertadores e terminou rebaixado.
Já o 'Jornal do Commercio' aproveitou para destacar a volta do Sport para a Série B. O 'Diário de Pernambuco' mostrou o 'Último suspiro do Leão', pela garra do time no empate que decretou o descenso.
O 'Aqui PE' mostrou o quase inevitável: 'Não teve jeito: Leão na Série B', uma vez que mesmo antes da partida o clube da Ilha do Retiro tinha 99% de chances de ser rebaixado

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Durval entra na lista do Corinthians para 2010

Andrés Sanchez e Mano Menezes têm consciência de que 2010 será um ano diferente na história do Corinthians, que completará cem anos. A pressão externa será compatível à expectativa da Fiel, sedenta por conquistas. Por esse motivo, definiu-se que reforços novatos, inexperientes ou sem currículos vitoriosos não serão contratados.
É por isso que a diretoria foi atrás de Riquelme (Boca Jrs.), Roberto Carlos (Fenerbahçe), Iarley (Goiás) e Theco (Grêmio). E também não é por acaso que o nome de Durval, zagueiro do Sport, faz parte da lista corintiana para 2010.
– Em um momento como esse, é preciso analisar mais o currículo. A Libertadores não é uma competição para ser descoberta durante a disputa, o jogador tem que saber jogá-la e trazer consigo essa experiência para o elenco. Mesmo que venham jogadores com uma faixa etária maior, nada diz que eles precisam jogar juntos – avisou Mano.
O capital do clube pernambucano, algoz do Timão na Copa do Brasil do ano passado, participou da última edição da Copa Libertadores, vencida pelo Estudiantes (ARG). Em 2005, ele e seus companheiros de Atlético-PR foram vice-campeões do torneio sul-americana, sendo derrotados pelo São Paulo.
As primeiras conversas com Durval, de 29 anos, aconteceram no início do Brasileirão. Durante a estadia do Sport em São Paulo, antes do jogo contra o Santos, o Corinthians tentou levá-lo. Na ocasião, Durval havia atuado em seis jogos pelo Leão, e poderia se transferir para outro clube da Série A. O jogador e a diretoria rubro-negra disseram não aos emissários do Timão.
O contrato de Durval vai até o final deste ano. Os dirigentes do Sport, que pensaram em oferecer cifras na casa dos 100 mil reais de salário pela permanência do zagueiro por mais três anos, mudaram de idéia após a campanha vexatória da equipe no BR-09.
William e Alex SilvaA busca por um zagueiro experiente é consequência das consecutivas lesões de William nesta temporada. O nome de Durval é uma espécie de “plano B” do Timão, que tem como principal sonho Alex Silva, do Hamburgo, da Alemanha

Empresário garante Vieri no Botafogo-SP

Se depender do empresário Frank Assunção, que está negociando a transferência de Vieri para o Brasil, o destino do jogador será mesmo o Botafogo-SP.
Um dia após dirigentes do Boavista-RJ garantirem ter um acerto com o atacante italiano, o empresário desdenhou do clube carioca, dizendo desconhecê-lo e que Vieri jogará mesmo o Campeonato Paulista pelo clube de Ribeirão Preto.
- Não conheço o Boavista. É o de Portugal? E nem sei quem fala estas coisas - disse.
Assunção garantiu ainda que o atacante italiano estará no interior paulista na próxima terça-feira. Porém, antes de embarcar para Ribeiro Preto, Vieri passará pelo Rio de Janeiro no final de semana, onde iniciará a sua preparação física.
- O acordo que existe com o Botafogo não mudou em nada e ele estará na cidade na terça-feira - garantiu.
Através de seus representantes, o clube carioca afirmou que espera aproveitar a visita do atleta no Rio de Janeiro para apresentar a sua estrutura e tentar seduzir o jogador.
Pagamentos adiantados
A vinda de Vieri para o Brasil está sendo bancada por duas empresas cujos nomes não são revelados. De acordo com Frank Assunção, o jogador, inclusive, já teria recebido parte dos valores antecipadamente.

Polícia alemã encontra carta de despedida de Enke


Goleiro da seleção da Alemanha cometeu suicídio nesta terça
A polícia da Alemanha encontrou uma carta de despedida do goleiro Enke, que cometeu suicídio nesta terça-feira.
Um porta-voz da polícia informou que o conteúdo da carta não foi revelado à imprensa em respeito à família do goleiro.
O suicídio de Enke gerou uma grande comoção na concentração da seleção alemã, que tinha se reunido nesta terça-feira para treinar para um amistoso contra o Chile, programado para o próximo sábado. A Federação Alemã de Futebol (DFB) estuda a possibilidade de cancelar a partida.
Enke, jogador do Hannover 96, não tinha sido convocado para o amistoso porque tinha acabado de se recuperar de uma infecção intestinal.
No entanto, sua presença estava praticamente garantida entre os convocados para a Copa da África do Sul.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Riquelme no Corinthians: reunião é adiada por falatório


O vazamento de informações relativas à negociação entre Corinthians e Riquelme foi o motivo do cancelamento da reunião que aconteceria nesta quarta, em Buenos Aires, entre o diretor de marketing Luís Paulo Rosenberg, os representantes do DIS (braço esportivo do Grupo Sonda) e o Boca Juniors (ARG).
Os dirigentes argentino se irritaram com as notícias que foram divulgadas na imprensa paulista, inclusive, com valores de salários, luvas, tempo de contrato e até a data da viagem. O temor dos boquenses é o de que haja pressão dos torcedores, que, certamente, não aceitarão a saída do maior ídolo.
Com isso, a viagem dos brasileiros, que aconteceria ontem, às 14h20, no vôo JJ 8018 da TAM, foi cancelada após aviso dos dirigentes do Boca. A reportagem do LANCE! apurou que as passagens estavam compradas e que até o check-in (verificação) havia sido feito, de acordo com informações da TAM.
Os envolvidos na negociação de Riquelme se irritaram com as últimas declarações públicas de Rosenberg. O diretor de marketing do Corinthians afirmou há duas semanas que, se fosse até Buenos Aires, traria “esse argentino até no laço”.
Rosenberg ficou alterado com o cancelamento da reunião e com a cobrança que recebeu por parte dos outros envolvidos na tentativa de contratar Riquelme. No início da tarde, ligou para a reportagem do LANCE! para reclamar da exposição de informações sobre a contratação de Riquelme pelo Corinthians.
– Não está legal, não é assim que se negocia dessa maneira. Não tem essa de negociação tipo internet online. Não quero que saibam que eu estou fazendo. Não quero ter repórter na porta de casa quando saio – desabafou o dirigente, que citou dois casos de reforços que deram certo.
– (A negociação com) Defederico não vazou nada. (Com) Ronaldo negociei quatro meses e ninguém ficou sabendo de nada – completou.
A nova reunião entre os envolvidos ainda não está marcada.

O Parque São Jorge "poderia" ser o alçapão Corinthiano








Bem localizado e de fácil acesso - da até para ir a pé a partir do metrô Carrão ou Tatuapé -, o Estádio Alfredo Schüring, mais conhecido como Parque São Jorge e carinhosamente chamado de Fazendinha, poderia muito bem se tornar o caldeirão corinthiano, ainda mais efervescente do que o próprio Pacaembu. Poderia! Mas para isso, em primeiro lugar a Prefeitura de São Paulo teria que autorizar a ampliação de suas arquibancadas - atualmente o estádio comporta pouco mais de 10 mil torcedores, número insignificante para acomodar a grande massa alvinegra. Entretanto, qualquer iniciativa da diretoria corinthiana em aumentar a capacidade do estádio parece encontrar restrições junto aos órgãos públicos municipais, que alegam, principalmente, uma grande demanda do trânsito na região em dias de jogos. Oras, independente de qualquer coisa, o trânsito já é caótico em toda a cidade. O que dizer então de eventuais partidas realizadas no Canindé, que fica na mesma Marginal Tietê; ou então no Pacaembu?

Com o gramado impecável e dimensões máximas (110 x 74) - só para comparar, o Maracanã tem 110 x 75; o Morumbi 108 x 72; e o Pacaembu 104 x 68 -, e aumento para, talvez, 30 mil torcedores, tornariam a casa corinthiana um verdadeiro alçapão. Se muitos adversários já se assustam quando encaram um Paulo Machado de Carvalho lotado, imagine então a Fazendinha, onde praticamente não existe espaço entre a gramado e as arquibancadas. Nada é impossível, mas seria muito difícil derrotar o Timão diante de um barulho ensurdecedor, e tão próximo, produzido por milhares de vozes entoando a plenos pulmões: "Aqui tem um bando de louco, louco por ti Corinthians".

Talvez o real motivo da Prefeitura não permitir a ampliação do Parque São Jorge, ou até mesmo criar empecilhos para a construção de uma nova arena, seja mais político do que propriamente de logística. Quem pagaria as contas do Pacaembu? Afinal, inquilino como o Corinthians não seria nada fácil de arrumar.



Fiel Torcedor: 48 mil ingressos vendidos para a Libertadores

As vendas de entradas para os jogos da primeira fase da Copa Libertadores 2010 é um sucesso. Ao final da tarde desta terça-feira, o número de ingressos comercializados alcançou a marca de 48 mil, somadas os três confrontos.
As vendas prosseguem pelo site do Fiel Torcedor (www.fieltorcedor.com.br). Estão esgotados os ingressos para arquibancada verde. As entradas para os demais setores continuam disponíveis

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Rosenberg sobre Riquelme: 'Nossa vontade é muito grande'

A contratação de Riquelme pelo Corinthians, em 2010, passará pelo diretor de marketing do clube, Luís Paulo Rosenberg. E, segundo ele, as negociações ainda não estão maduras.
- É uma negociação complicada, ele é um craque. Vamos fazer os contatos, conversaremos em Buenos Aires (Boca Juniors). Quando você fala muito, o preço sobe, a possiblidade de fechar cai. Estou no Brasil, não fiz nenhuma reunião - afirmou Rosenberg, em entrevista à Rádio Globo.
Apesar de garantir que ainda não se reuniu com o meia argentino, Rosenberg está confiante na contratação do jogoador:
- Vamos fazer quando a negociação estiver mais madura. A vontade é muito grande, cairia na nossa equipe como uma luva, essa decisão do departamento de futebol. Mas, por enquanto, não estamos nem namorando, só comendo pipoca juntos apenas.
Como o jornal LANCE! revelou no sábado, um dos diretores do clube afirmou que já houve acerto entre Boca e o Grupo Sonda, investidor que ajudará na contratação do craque. Caberia, então, a vontade de Riquelme em aceitar o desafio de disputar a Libertadores pelo Timão.
- O Corinthians não tem acerto nenhum firmado. Vai trabalhar com muito cuidado, o valor é muito alto e o Corinthians não tem mais dinheiro - esquivou-se Rosenberg.
O diretor foi quem tratou diretamente das contratações de Ronaldo, Jucilei e Matías Defederico. Recentemente, chegou a afirmar que, se fosse chamado para negociar, "Riquelme não escaparia".
- Não estamos fazendo oba-oba de marketing. Queremos completar o ciclo para ganhar a Libertadores. Riquelme não chuta a bola, conversa e explica para ela onde tem que ir - disse.
- Tudo está em aberto. Podemos ir conversar e não dar em nada. Estamos sem cronograma. Pode mudar o quadro rapidamente, pode regredir, não sei. Foram mais de quatro meses para negociar com Ronaldo, mais seis para fechar patrocínio de camisa - afirmou.

Boca admite dificuldade em cobrir números do Timão

O sonho do Corinthians em contar com Riquelme no centenário está cada vez mais próximo de se tornar realidade. Nesta segunda-feira, um alto dirigente do Boca Juniors (ARG) assumiu que será difícil manter seu maior astro em 2010.
Em entrevista à Rádio La Plata, o vice-presidente José Beraldi admitiu que seu clube está ciente de que não terá condições de oferecer os números que envolvem o interesse do Corinthians - US$ 2,5 milhões/ano.
- Roman está ciente de que não podemos dar a ele esses números, a menos que haja uma atitudade significativa a partir dele - disse o dirigente.
Entre a DIS - braço esportivo do Grupo Sonda -, e o Boca Juniors (ARG) já existe um acordo, que deve ser assinado tão logo haja um acerto entre o jogador e o Timão.
Apesar da dificuldade na manutenção de Riquelme, Beraldi afirmou que deseja a permanência do jogador.
- Nós gostaríamos de renovar o seu contrato - finalizou.

domingo, 8 de novembro de 2009

Boca libera, e Timão espera por Riquelme

Só o acerto entre o Corinthians e Riquelme ainda impede a confirmação da contratação do meia argentino para o ano do centenário do Timão. Entre o Grupo Sonda e o Boca Juniors (ARG) já há um acordo, verbal, que será assinado tão logo haja um acerto entre o jogador e o clube.
A diretoria do Corinthians tem essa informação há cerca de dez dias, avisada pelos executivos do grupo de investimento. A partir desse sinal, a diretoria corintiana intensificou as negociações.
A contratação de Riquelme seria o principal trunfo do Corinthians na montagem da equipe para a disputa da Libertadores. No próximo ano, o clube comemora o centenário e quer marcá-lo com a conquista desse título inédito, o único de grande porte que falta ao time.
Segundo um diretor do Corinthians, o Boca fechou com o Grupo Sonda por uma questão de dinheiro. O clube passa por uma grande crise financeira e esta é a última oportunidade de negociar o jogador, já que seu contrato acabará no meio do próximo ano. Os argentinos receberão aproximadamente US$ 2,5 milhões (ou R$ 4,3 milhões).
Para compensar o investimento em Riquelme, de 31 anos, o Sonda receberá parte dos direitos econômicos de alguns jogadores do Timão.
O principal obstáculo a ser superado é que o jogador já declarou que não tem interesse em jogar no Corinthians, pois pretende se aposentar no Boca Juniors. A trajetória de Riquelme corrobora essa posição. O Boca é o único clube em que o meia conseguiu realmente se sentir em casa. No Barcelona (ESP), teve passagem apagada, e no Villareal (ESP) fez grandes apresentações, mas nunca tornou-se grande ídolo por causa de seu temperamento retraído.
Para definir o assunto, nesta semana, o Corinthians enviará seu diretor de marketing, Luís Paulo Rosenberg, para tratar do assunto diretamente com Riquelme. Rosenberg é o homem de confiança do presidente Andrés Sanchez para negociar os grandes contratos, sejam eles comerciais ou contratações. Foi o diretor que alinhavou os contratos de Ronaldo, entre novembro e dezembro do ano passado, e do argentino Defederico, em agosto deste ano.
E também será Rosenberg quem deverá selar o acordo com o agente de Roberto Carlos, Fabiano Farah. O lateral diz que irá rescindir com o Fenerbahçe (TUR) no próximo dia 15.

Corinthians 2x0 Santo André


Em uma tarde de Ronaldo, o Corinthians venceu o Santo André por 2 a 0, no Pacaembu, e afundou ainda mais o Ramalhão, que permanece na zona de rebaixamento. Com um gol, e uma assistência, o camisa 9 deixou Marcelinho Carioca na sombra, no estádio onde o eterno camisa 7 se cansou de brilhar.
Com Elias suspenso, Edno apareceu no ataque ao lado de Ronaldo e Jorge Henrique. Comandado por Defederico, as primeiras oportunidades de gol foram do Corinthians. Nos primeiros dez minutos, o argentino e Edno chegaram com perigo no gol de Neneca.
Com Edu e Boquita, o Corinthians apareceu com um meio-de-campo mais organizado, bons passes e boa marcação, porém sem a chegada de Defederico, e com as boas antecipações de Cesinha, a ligação entre meio-de-campo e ataque não aconteciam. As principais ações ofensivas seguiam com Edu, firme na marcação, buscando o jogo e preciso nos passes. Já o Ramalhão buscou as bolas na área adversária, porém sem representar grande perigo para o gol de Felipe.
O principal sofrimento do Corinthians foi nas laterais, já que o meio-de-campo apresentava consistência. Pela direita, Marcelinho Carioca colocou Nunes e Wanderley diversas vezes na cara de Felipe, seja pelo alto, ou pela troca de passes com Nunes. Pelo o outro lado, Jucilei, atento, sofria com alguns avanços de Ávine, que não caprichava na conclusão do lance e contava Chicão e Edu impedindo as jogadas.
Com jogo morno e muitos erros de passes, alguém teve de chamar a responsabilidade. E quem brilhou, para variar, foi Ronaldo. Edu deu um carrinho, recuperou a bola, e deu passe para o camisa 9. Na entrada da área, aos 35 minutos, o Fenômeno pedalou na frente de Cesinha, e chutou forte de perna esquerda, no ângulo de Neneca. Foi o 22º gol do Fenômeno na temporada, faltam 8 para a meta do camisa 9 de 30 gols.
Após o gols o Corinthians passou a ser mais agressivo. Em outra bela jogada, Ronaldo colocou no meio das pernas de Cesinha, mas ninguém se aproximou e a jogada não teve sequência.
O Corinthians voltou para o segundo tempo com a mesma formação do primeiro, logo, com a mesma organização. Defederico voltou mais esperto e chegou duas vezes com perigo ao gol de Neneca. Na primeira, driblou Marcel, que escorregou, mas na finalização a bola desviou no zagueiro, e na segunda colocou Jorge Henrique de frente para o gol, mas o atacante se enrolou com Neneca.
Por outro lado, as laterais continuavam dando as melhores chances para o Santo André. Júnior Dutra e Rômulo ganhavam todas de Balbuena. Ora pela troca de passes, ora pelos cruzamentos. Paulo André, firme, cuidou de fazer a cobertura.
Em uma jogada de contra-ataque, Jorge Henrique insistiu no lance, e em passe para Defederico, o camisa 10 chutou, mas a bola foi cuidadosamente para fora. Edno também teve sua chance, em jogada de Ronaldo e Jorge Henrique, mas o camisa 41 desperdiçou a chance. E foi só. A torcida passou a pedir Dentinho, e Mano Menezes ouviu.
E a dupla mostrou que tem mesmo entrosamento. Aos 31 minutos, Ronaldo recebeu na entrada da área, matou no peito e fez passe para o camisa 31. Dentinho foi esperto, e marcou um belo gol.
Ronaldo ainda teve duas boas oportunidades, numa delas, recebeu passe na linha de fundo, disparou mas foi desarmado por Cesinha, na outra saiu livre entre dois jogadores, mas se atrapalhou e não conseguiu concluir a jogada.
Nos instantes finais, o Santo André avançou diversas vezes, mas com uma finalização sofrível, não conseguiu marcar gol no Pacaembu. Mano Menezes terá trabalho para armar seu setor defensivo pelas laterais. Defederico deu lugar a Moradei, para reforçar a marcação no meio-de-campo, com isso as alas continuavam sendo a principal arma do Ramalhão
O Corinthians apenas administrou os momentos final da partida, mesmo sofrendo pressão do Santo André. Com a vitória, o time de Mano Menezes termina em 8ª lugar na tabela, e perde Jorge Henrique, que recebeu terceiro cartão amarelo, e não enfrentará o Avaí, na Ressacada. Já o Santo André permanece na zona de rebaixamento, com apenas 35 pontos, e tem jogo difícil, contra o Goiás, no Serra Dourada.
FICHA TÉCNICA:CORINTHIANS 2 X 0 SANTO ANDRÉ

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)Data/hora: 8/11/2009 - 16h (de Brasília)Árbitro: Paulo César de Oliveira (SP)Auxiliares: Ednilson Corona (SP) e Márcio Luiz Augusto (SP)Renda/público: R$ 543.611,50 / 16.300 pagantesCartões amarelos: Jorge Henrique (COR), Cesinha (STA);
GOLS: Ronaldo 36'/1ºT (1-0) e Dentinho, 31'/2ºT (2-0)

CORINTHIANS: Felipe, Jucilei, Chicão, Paulo André e Balbuena; Edu (Diego, 26'/2ºT); Boquita e Defederico (Moradei, 35'/35ºT), Edno (Dentinho, 15'/2T), Jorge Henrique e Ronaldo. Técnico: Mano Menezes

SANTO ANDRÉ: Neneca, Rômulo, Cesinha, Marcel e Avine; Fernando (Pablo Escobar, 27'/2ºT), Júnior Dutra e Marcelinho Carioca; Camilo (Osny, 32'/2ºT), Nunes e Wanderley (Ricardo Goulart, 11'/2ºT). Técnico: Sérgio Soares

sábado, 7 de novembro de 2009

O sentimento não pode parar...e não parou!!! Estamos de volta












Refeito do baque, há exatos 11 meses, um dos maiores clubes da História do futebol brasileiro está de volta à disputa da principal competição nacional. Em clima de festa, o Vasco foi valente, adjetivo que pautou a campanha, e derrotou o Juventude por 2 a 1, neste sábado, para um Maracanã abarrotado de gente, acima de tudo, emocionada e aliviada.
Com o resultado, ninguém mais alcança o Clube da Colina a partir da quinta posição, ocupada pelo Figueirense hoje. São 70 pontos contra 57. À frente do Ceará, novo vice-líder, são sete, o que pode garantir o título já na terça-feira, contra o Campinense. Basta vencer e o rival e o Guarani empatarem. Já os gaúchos estão 15º, com 40 pontos.
1º TEMPO
Compenetrados, os jogadores do Vasco seguiram à risca o que diz a cartilha dos jogos decisivos. Tão logo a bola rolou, esqueceram o clima de festa visto na arquibancada, pelo iminente acesso antecipado, e respeitaram o Juventude, correndo muito e evitando dar espaços. Mas como em quase todo duelo importante, o ensaio nunca é igual ao ato em si.
Por essa razão, o time dirigido por Dorival Júnior teve certa dificuldade para dominar a partida. Sem querer ficar marcado pelo retorno cruzmaltino, os gaúchos marcaram Carlos Alberto com eficiência e contaram com a timidez de Allan, que não apareceu para jogar com frequência. Assim, Elton recuou mais do que gostaria.
O calor intenso no Rio também contribuiu para o ritmo mais lento. É evidente que os atletas sabiam o que lhes esperava, e preferiam estudar-se antes de agir de qualquer jeito. Bom no apoio, o lateral Bruno dava trabalho a Ramon, que se esforçava para ajudar o ataque. A recompensa do camisa 6 foi o ótimo cruzamento para o gol.
Só que o leve toque de Elton para Adriano foi irregular. O artilheiro vascaíno raspou com a mão e deixou o companheiro livre para concluir. Como não tinha nada com isso, o torcedor vibrou como nunca e, com a soma do resultado entre Atlético Goianiense e Guarani, o cheiro de título também era cada vez mais forte.
Até o fim da primeira etapa, o Vasco cozinhou o confronto, ciente de que já tinha o placar que lhe servia para ascender à competição da qual nunca deveria ter saído. E o fazia com muito mérito, pois foram, até aqui, 20 vitórias em 34 jogos, para citar apenas um número.
2º TEMPO
O técnico Ivo Wortmann resolveu mexer na estrutura de sua equipe no intervalo. Ao pôr o zagueiro Jorge Felipe, adiantou os alas e passou a ter três defensores. E até que surtiu algum efeito. Movimentando-se melhor, o Juventude entrou no campo dos mandantes e, após uma falta batida para a área, Irineu, ex-Flamengo, empatou, de cabeça.
O gol, inesperado, calou o Maracanã momentaneamente. O time vascaíano, porém, mostrou equilíbrio e seguiu impondo seu ritmo, enquanto para o Alviverde, que recuou, um pontinho já era uma grande vitória. Não demorou mais que cinco minutos para que o jogo virasse totalmente mais uma vez. Adriano foi lançado e sofreu pênalti de Juninho.
O árbitro não titubeou e o expulsou. Como já havia feito as três substituições, o Ju não pôde mudar e o atacante Mendes, que acabara de entrar, teve de ir para o gol. Assim, não havia mais ninguém no estádio que acreditasse que o acesso já não estivesse garantido. Para constar, Carlos Alberto iludiu o novo goleiro e fez 2 a 1.
A partir daí, foi ataque contra defesa. Os gaúchos tentaram evitar uma derrota maior, e o Vasco, sob os gritos de Dorival Júnior, começou a arriscar mais, por motivos óbvios. O resultado foram duas bolas na trave e nenhum golzinho a mais. E alguém não gostou? É claro que não. Para os cruzmaltinos, que tanto sofreram, fugir de vez da Série B é o que vale. E valeu muito, com a festa de uma grande e merecida conquista.
Agora, a caça é ao título e olho, a longo prazo, é no planejamento para a temporada 2010, da reconstrução definitiva do Vascão.
FICHA TÉCNICA:VASCO 2 X 1 JUVENTUDE
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)Data/Hora: 7/9/2009 - 16h10Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)Assistentes: Erich Bandeira (PE) e Ubirajara Ferraz Jota (PE)Renda/Público: R$ 1.157.287,00 / 78.609 pagantes (81.904 presentes)Cartões amarelos: Aloísio (VAS)Cartão vermelho: Juninho, 20'/2ºT (JUV)GOLS: Adriano, 29'/1ºT (VAS); Irineu, 18'/2ºT (JUV); Carlos Alberto, 24'/2ºT (VAS)

VASCO: Fernando Prass, Paulo Sérgio, Fernando, Titi e Ramon; Nilton, Souza (Alex Teixeira, 25'/2ºT), Alan e Carlos Alberto (Magno, 34'/2ºT); Adriano e Elton (Aloísio, 30'/2ºT) - Técnico: Dorival Júnior.

JUVENTUDE: Juninho, Bruno, Douglas, Irineu e Bruno Teles; Xavier (Jorge Felipe, intervalo), Walker, Lauro e Léo Dias (Gustavo, intervalo); Zezinho e Marcos Denner (Mendes, 15'/2ºT) - Técnico: Ivo Wortmann.



sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Douglas, lateral do Goiás, é consultado...Já o meia apalavrado Tcheco reclama da postura do Grêmio

O lateral-direito Douglas, revelado nas categorias de base do Goiás, está na mira do Corinthians. O jogador, de apenas 19 anos, foi procurado pela diretoria do Timão, que tenta encontrar maneiras de tirá-lo dos goianos – o contrato termina em maio de 2012.
Douglas foi titular e um dos destaques da boa campanha da Seleção Brasileira sub-20 no Mundial, disputado no último mês, no Egito. O lateral-direito, vice-campeão do torneio mais importante da categoria, é reserva de Vítor na equipe de Hélio dos Anjos neste Campeonato Brasileiro.
O LANCENET! entrou em contato com o diretor de futebol do Goiás, Marcos Figueiredo, que afirmou não ter sido procurado pelo Timão.
– Oficialmente, ninguém falou com a gente. O que sei, mas pela imprensa daqui, é que o Corinthians tem interesse, assim como tem em Iarley e Júlio César – afirmou.


TCHECO vem aí...
Acertado com o Corinthians, o meia Tcheco reclamou da postura dos dirigentes do Grêmio, que não demonstraram vontade de vê-lo no Olímpico na próxima temporada.
– Não estou convicto de que eles queiram que eu permaneça. Eles já poderiam ter se movimentado para tentar essa renovação, mas até agora não tem nada – afirmou o meia, que também confirmou a marcação de uma reunião nos próximos dias

Estopim sugere camisas para o Centenário corintiano












Estopim da Fiel enviou projeto para Luís Paulo Rosenberg
Uma das torcidas organizadas do Corinthians, a Estopim da Fiel, encaminhou via e-mail para o diretor do departamento de marketing do clube, Luís Paulo Rosenberg, um projeto para o lançamento de seis camisas comemorativas a serem usadas ao longo da comemoração do Centenário.
Segundo o comunicado publicado no site oficial da torcida, a iniciativa visa "excluir a idéia de TRICOLORIZAÇÃO do Corinthians, coma inclusão obsessiva do ROXO".
Veja abaixo o e-mail enviado a Rosenberg e confira as camisas na galeria de fotos.
" AoSPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTAA/C: Sr. Luis Paulo RosenbergMarketing
Na busca de resgatar e manter as tradições do S.C. Corinthians Pta., que estão tentando manchar desde 2008 com a infiltração do roxo, nós da Estopim da Fiel Torcida, como defensores e no direito de combater este absurdo, visto que não somos tricolores, lançamos o projeto a para as camisas utilizadas durante todo o ano de 2010, nosso importante centenário.
O Projeto busca resgatar e homenagear os seis símbolos e camisas já utilizados pelo Sport Club Corinthians Paulista ao longo dos 100 anos .
A ideia é que durante o centenário sejam utilizadas 06 camisas, uma a cada 02 meses (anexo layout ).
Passando-se por todos os símbolos, desde 1910 e finalizando com o manto sagrado de 1977.
Sabemos da importância da venda e do faturamento, sabemos também que nossa torcida é fiel a tudo, inclusive ao roxo, por isso nosso projeto também visará o lucro, já que a fiel poderá adquirir até 06 (seis) camisas e não apenas uma durante todo o centenário.
Essas camisas irão retratar e manter nossas tradições , além de respeitar a história do Clube altaneiro de Parque São Jorge.
Sem mais para o momento. "



quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Roberto Carlos diz: 'Estou à disposição do Corinthians'

Uma das prioridades da diretoria do Corinthians para o próximo ano é contratar um lateral-esquerdo. E Roberto Carlos, atualmente no Fenerbahçe (TUR), segue como opção.
Apesar de a diretoria manter cautela e o próprio jogador dizer que seu futuro segue indefinido, a possibilidade de ele vestir a camisa corintiana em 2010 é grande. O lateral é agenciado por Fabiano Farah, o mesmo empresário de Ronaldo e Morais, ambos do Timão. Isso sem falar na grande amizade com o Fenômeno.
Em entrevista ao LANCENET!, em agosto, o lateral já tinha revelado um convite do atacante para eles atuarem juntos pelo Alvinegro.
Roberto Carlos vai rescindir com o Fenerbahçe nos próximos dias e deseja jogar no Brasil. O Corinthians e a Libertadores estão em seu pensamento. Mas ele não descarta Santos ou Palmeiras.
Já a diretoria do Timão, admite o interesse no lateral-esquerdo.
- Roberto Carlos interessa ao Corinthians. Não é um jogador comum e a situação passa por questões financeiras. Estamos vendo com calma e ponderando. Na hora certa, vamos trazer um lateral - disse o diretor de futebol, Mário Gobbi, à rádio Bandeirantes.
Com várias conquistas no futebol europeu, Roberto Carlos poderia ser mais um líder corintiano para a disputa da Libertadores. Com ele e Ronaldo, o Timão teria dois pentacampeões em campo.